NSA pode continuar a monitorizar comunicações

EmpresasNegócios

A Agência Nacional de Segurança norte-americana viu a sua autorização para monitorizar comunicações ser revalidada pelo tribunal. A NSA poderá assim continuar a recolher metadados das comunicações telefónicas dos cidadãos norte-americanos. Apesar da polémica gerada pelo tema nos últimos meses, o tribunal especializado neste tipo de questões, o Foreign Intelligence Surveillance Court, revalidou a autorização

A Agência Nacional de Segurança norte-americana viu a sua autorização para monitorizar comunicações ser revalidada pelo tribunal. A NSA poderá assim continuar a recolher metadados das comunicações telefónicas dos cidadãos norte-americanos.

nsa-surveillance-legal.jpeg-1280x960Apesar da polémica gerada pelo tema nos últimos meses, o tribunal especializado neste tipo de questões, o Foreign Intelligence Surveillance Court, revalidou a autorização da agência de segurança para manter ativo o polémico programa de vigilância das comunicações.

A política de vigilância da NSA está sob escrutínio desde que Edward Snowden, o ex-analista da agência, divulgou a existência do programa e os seus contornos. Nos Estados Unidos existem diversas ações legais sobre o caso e outras tantas propostas para alterar a lei.

Os processos que já foram avaliados revelam decisões contrárias, mas certo é que a Agência Nacional de Segurança norte-americana e as políticas norte-americanas de vigilância continuarão a ser analisadas.

A decisão do tribunal foi divulgada pelo porta-voz do Diretor de Inteligência Nacional dos Estados Unidos, numa declaração onde se sublinha que a revalidação sucessiva da legislação torna clara a sintonia de visões entre a administração Obama e os juízes.

A denúncia de que a NSA estaria a monitorizar todas as comunicações telefónicas do país surgiu no verão passado, mais concretamente no passado mês de junho.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor