Nowo com inovador modelo de compra self-service

MobilidadeOperadoresRedes
0 0 Sem Comentários

Foram 20 o número de lojas da Nowo que sofreram reformulações. Os novos espaços têm como foco central uma zona de “self-service” que permite aos consumidores comporem o seu Nowo à medida das suas necessidades.

A Nowo acaba de anunciar a reformulação de algumas das suas lojas de norte a sul do país. Segundo o press release da empresa “foi aplicado um conceito inovador que materializa os valores centrais da marca: liberdade, transparência e respeito pelo cliente.”

Os espaços têm uma área com simuladores em touch screens que dão ao cliente a possibilidade de compor o seu Nowo de forma simples e tranquila em modo “sef-service”. Com esta nova abordagem a Nowo posiciona-se como o único operador que dá ao consumidor a liberdade para escolher que oferta quer ter, entre Net, TV, Telefone Fixo e Móvel, sem ter que contratar o que não utiliza. Para além disso também pode optar por ter ou não fidelização, sendo que a marca se 6diferencia ao reduzir o período máximo de fidelização estipulado pela Lei de 24 para 12 meses.

O conceito das novas lojas tem assinatura da BAR e assenta o seu racional na eficiência de serviço. Este conceito traduz-se em lojas depuradas e acolhedoras com zonas definidas para a simulação em “self-service” e o atendimento personalizado aos clientes. Em relação à implementação do conceito, foi a Multilem a responsável.

As lojas que já sofreram uma transformação integral foram as de Almada, Aveiro, Caldas da Rainha, Seixal, Montijo, São João da Madeira, Santa Maria da Feira, Covilhã, Castelo Branco e Setúbal. No caso das lojas de Viseu, Portimão, Barreiro, Lagos, Elvas, Évora, Beja, Sacavém, Sines e Coimbra sofreram apenas um revamp. A remodelação integral destes estabelecimentos está prevista para o ano de 2017.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor