PME têm novos instrumentos de financiamento

Negócios

A Associação Empresarial da Região de Lisboa vai realizar na próxima quinta-feira uma sessão tem como objetivo apresentar casos de sucesso de empresas que recorreram aos fundos comunitários com projetos de internacionalização, inovação e I&D.

A AERLIS – Associação Empresarial da Região de Lisboa vai realizar o 3º Encontro de Desenvolvimento Empresarial – Crescer com Sucesso, na próxima quinta-feira, dia 17 de março, na sua sede em Oeiras.

Segundo a organização, esta sessão tem como objetivo apresentar casos de sucesso de empresas que recorreram aos fundos comunitários com projetos de internacionalização, inovação e I&D e dar a conhecer instrumentos disponíveis para apoiar as empresas no seu crescimento.

“Cada vez mais os elevados níveis de endividamento das empresas, a insuficiência de capitais próprios, os elevados riscos de insolvência e as restrições no acesso ao crédito constituem entraves adicionais relevantes ao financiamento da atividade económica e, em particular, do investimento empresarial. Portugal precisa de iniciar um processo de crescimento económico sustentável, assente no aumento das exportações, na captação de investimento privado e na melhoria dos níveis de qualificação do capital humano”, explicam em comunicado.

A organização relembra que o ministro da Economia anunciou um conjunto de instrumentos financeiros preparados para capitalizar as empresas, estimular a economia e o empreendedorismo qualificado. Para tanto serão operacionalizadas quatro linhas de crédito avaliadas no montante global de 1500 milhões de euros e que pretendem reduzir a dependência do tecido empresarial relativamente ao crédito bancário.

“Neste sentido a AERLIS, nesta sessão, irá apresentar instrumentos que poderão contribuir para a melhoria das condições de financiamento das PME tanto por via da facilitação do acesso ao capital alheio, como do reforço do capital próprio, visando o estímulo à inovação e ao investimento com forte incorporação de conhecimento e valor acrescentado e gerador de emprego”.

Serão debatidos diversos temas, entre eles a internacionalização, qualificação e estratégias de sucesso para o COMPETE 2020, assim como, inovação e estratégias de sucesso para o Horizonte 2020. Estarão presentes representantes da CIP, IAPMEI, ANI, Agência para o Desenvolvimento e Coesão, bem como empresários que partilharão a sua experiência.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor