Novo Xperia Z4 leva Sony à corrida dos telemóveis topo de gama

MobilidadeNegóciosSmartphones

A Sony acaba de revelar o membro mais novo da sua família de smartphones Xperia. O Z4 é a prova de que a tecnológica está ainda a apostar no mercado dos telemóveis, apesar deste ramo do seu negócio ter vindo a sofrer significativas perdas. Consta que o novo Xperia Z4 da Sony está na categoria dos

A Sony acaba de revelar o membro mais novo da sua família de smartphones Xperia. O Z4 é a prova de que a tecnológica está ainda a apostar no mercado dos telemóveis, apesar deste ramo do seu negócio ter vindo a sofrer significativas perdas.

xperia z4 sony

Consta que o novo Xperia Z4 da Sony está na categoria dos smartphones com 5,2 polegadas e conta com uma moldura de alumínio. O dispositivo é lançado numa altura em que a empresa japonesa sofre uma substancial reestruturação, o que fez muitos olharem para o futuro da sua divisão de smartphones com um certo ceticismo. Diz a Reuters que alguns executivos dos níveis mais elevados da estrutura hierárquica da Sony chegaram mesmo a afirmar que a empresa estaria a considerar uma retirada do mercado dos smartphones.

Embora esteja mais focada na mitigação de despesas do que no crescimento da sua pegada no setor dos dispositivos móveis, a tecnológica precisa de continuar a atrair investimentos em novos produtos e de conservar forte a marca que sustenta o império Sony.

O Xperia Z4 deverá estar disponível, segundo a agência noticiosa, em meados de 2015 no Japão. Contudo, não foi avançada nenhuma data de lançamento mundial. O preço é também um detalhe que ainda não foi revelado.

Durante o evento de apresentação do Z4, Hiroki Totoki, responsável pela unidade de dispositivos móveis da Sony, disse que o novo telemóvel, mais fino que o seu antecessor Z3, visa levar a empresa japonesa até ao campo de batalha do mercado de smartphones topo de gama, onde as suas rivais Apple e Samsung se defrontam constantemente.

O executivo sugeriu que o Xperia Z4 não deveria ficar abaixo dos 700 dólares.

A Sony tem combatido, nos últimos tempos, em duas frentes. Por um lado, compete com a Apple e a Samsung no setor high-end dos smartphones. Por outro, rivaliza com congéneres asiáticas, como a Xiaomi, no mercado dos telemóveis de baixo custo.

O diretor executivo Kazuo Hirai disse que era possível que a empresa abandonasse o negócio dos dispositivos móveis, no seguimento de um processo de alienação de negócios que têm vindo a fazer cair o seu valor de mercado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor