NOS assina parceria com Associação da Hotelaria de Portugal

Negócios

A NOS vai ser o parceiro tecnológico da iniciativa Tourism Think Thank, criada pela Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), como parte de uma parceria mais alargada assinada esta semana.

O protocolo entre a NOS e a AHP estabelece várias medidas de cooperação, com o intuito de acelerar a adoção e implementação de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no sector hoteleiro em Portugal. A ideia é também “dinamizar o conhecimento da rede da AHP relativamente à economia digital”, explicam a operadora e a associação em comunicado.

No caso do Tourism Think Tank, que a AHP criou para estimular a competitividade do sector turístico nacional, a NOS será o parceiro para as telecomunicações. O TTT deverá alimentar o desenvolvimento de uma rede de entidades com interesses comuns, colocando ao mesmo tempo o desafio de “estudar e implementar soluções vocacionadas para as necessidades específicas do sector hoteleiro.”

A operadora de telecomunicações indica que se trata de “uma aposta relevante” para os seus negócios, tendo em conta o potencial das empresas que operam nesta área e considerando também os “desafios e contributos” que podem advir da sua presença nos programas europeus da Economia Digital e do Mercado Único Digital.

“O desenvolvimento de projetos conjuntos que permitam às empresas associadas da AHP capacitar-se com tecnologias mais avançadas de informação e comunicação, visando a sua modernização e maior eficiência, ou a promoção de atividades que promovam a melhoria da competitividade e a redução de custos das empresas, são alguns dos objetivos evidenciados neste protocolo”, adiantam as duas empresas. A AHP é a maior associação patronal da indústria hoteleira: os seus associados representam mais de 60% do número de quartos da hotelaria nacional.

No âmbito da parceria, está também prevista a divulgação de informação e a partilha de boas práticas, tanto sobre a economia digital como das novas oportunidades que surgem com a utilização de novas tecnologias da informação, tendo em conta o seu contributo para o desenvolvimento dos sectores de turismo e hotelaria.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor