NOS distingue quatro empresas com Prémio Inovação

Inovação

CaetanoBus, Critical Materials, BySide e Veniam são as empresas vencedoras dos Prémios Inovação NOS, tendo sido distinguidas com um prémio global 380 mil euros em comunicações e publicidade. A decisão foi anunciada em Lisboa, na presença do Comissário Europeu, Carlos Moedas e de Secretária de Estado da Ciência, Leonor Parreira.

A CaetanoBus venceu na categoria “Grandes Empresas”, com a solução E.COBUS, e a Veniam venceu na categoria “Startups”, com a solução Rede Wireless de Veículos. A qualidade dos projetos apresentados levou ainda o júri a designar dois vencedores na categoria “Pequenas e Médias Empresas”: a Critical Materials, com a solução PRODDIA Framework, e a BySide, com a solução Plataforma Byside. As quatro soluções premiadas compreendem inovação no setor da saúde, dos transportes e das tecnologias de informação e comunicação.

“A diversidade de projetos a concurso e a heterogeneidade sectorial das candidaturas revelam o potencial desta iniciativa como motor de desenvolvimento para a inovação e para as empresas portuguesas”, avança a empresa em comunicado de imprensa.

“O desafio que nos trouxe aqui hoje é motivo de grande orgulho e satisfação para a NOS. Trata-se de uma distinção que nasce para fazer a diferença. E fazer a diferença é algo que está inscrito no ADN da NOS desde a sua criação. Premiámos a inovação, a capacidade e a excelência das empresas portuguesas, afirma Miguel Almeida, CEO da NOS. “O prémio Inovação NOS é, em si mesmo, uma iniciativa catalisadora da inovação empresarial, que abre espaço para que todos possam demonstrar a qualidade, o valor e o potencial dos seus projetos”, reforça o responsável.

“Este prémio surge enquadrado na estratégia da NOS e na nossa visão da inovação como algo indispensável ao sucesso no competitivo mundo atual. Acreditamos na relevância de apostar no que é realmente bom, na criação de valor dentro das empresas portuguesas e na importância de investir no desenvolvimento de novos produtos e serviços diferenciados, competitivos e que gerem riqueza para o país”, diz Miguel Almeida.

Os quatro vencedores receberam o Prémio NOS, através do qual beneficiam de serviços de comunicações no valor total de 100 mil euros ao longo de três anos. Para além disso, as empresas finalistas, 10 por categoria, recebem um prémio no valor de 20 mil euros em publicidade nos meios da Global Media Group, valor que sobe para os 70 mil euros no caso das empresas vencedoras das três categorias.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor