Nokia processa Apple por infração de 32 patentes

InovaçãoInvestigaçãoMobilidade
0 0 Sem Comentários

A Nokia iniciou vários processos legais contra a Apple, na Alemanha e nos Estados Unidos. A gigante finlandesa prometeu inclusivamente mais ações legais noutras jurisdições para muito breve.

Em causa estão 32 patentes sobre tecnologias que a Nokia diz que estão a ser usadas pela Apple sem a devida compensação. Segundo o press release da empresa europeia, vários anos de negociações entre as duas marcas não resultaram em qualquer acordo, após um acordo inicial em 2011.

Ilkka Rahnasto, diretor da divisão de patentes da Nokia, explica o motivo pelo qual a empresa decidiu processar a rival. “Através do nosso investimento sustentado em Pesquisa e Desenvolvimento, a Nokia criou ou contribuíu para a criação de muitas tecnologias fundamentais usadas nos dispositivos móveis atuais, incluindo produtos Apple.”

O executivo refere que as negociações falharam e que o processo é uma simples forma de defender os direitos da Nokia.

Mas a história é mais complicada ainda, porque este é um contra-processo. Na terça-feira, a Apple tinha iniciado com uma queixa formal contra a Nokia, Acacia Partners e Conversant (estas duas últimas empresas de licenciamento de patentes) alegando que elas estavam a tentar extorquir dinheiro da empresa. Segundo alega a Apple, as três empresas estão a querer aplicar taxas sobre tecnologias que foram criadas pela Apple, não pela marca finlandesa.

Ao que tudo indica, está de volta a grande disputa de patentes que marcou a indústria dos smartphones nos últimos seis anos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor