Nokia conclui aquisição da Alcatel-Lucent

EmpresasFinançasNegócios
0 0 Sem Comentários

A Nokia dará agora início ao processo de eliminação de complexidades e de custos associados à operação de duas estruturas corporativas separadas. A coesão deverá somar os 1,2 mil milhões de dólares em 2018.

Depois de um ano e sete meses, a finlandesa Nokia finalizou o processo de aquisição da Alcatel-Lucent (ALU) anunciado em abril de 2015. As empresas já estavam a operar de forma combinada desde janeiro deste ano, mas agora a Nokia conseguiu comprar todas as ações em circulação da ALU e poderá começar a “eliminar a complexidade e os custos de operar duas companhias de capital aberto separadas’.

Em nota, a Nokia sinaliza que a conclusão da transação marca o fim de um processo radical de transformação iniciado há três anos, quando a finlandesa comprou a parte da Siemens na joint-venture Nokia Siemens Networks, em 2013.

Rajeev Suri, presidente e CEO da Nokia, declarou que a aquisição “foi mais suave que muitos observadores considerarem ser possível”, e agora a Nokia deve acelerar os seus planos de sinergias que devem atingir economias de custo da ordem de 1,2 mil milhões de euros em todo o ano de 2018.

“Nos últimos três anos a Nokia reinventou-se, emergindo como um líder em tecnologias conectando pessoas e coisas com um portefólio sem igual que serve melhor os nossos clientes tradicionais e, especialmente, novos consumidores nos setores corporativo, Internet, utilities e transportes. Estamos focados em ter um papel central num mundo onde todos e tudo será conectado – o mundo programável”, conclui Suri.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor