NextBitt ajuda Vodafone Portugal a dar mais um passo na cloud

CloudNegócios

A NextBitt,  especializada na área de gestão de ativos físicos, é responsável pela disponibilização de soluções de Assets & Facilities Management da Vodafone Portugal na Cloud.

Explica a empresa que a Vodafone Portugal, tendo presença em todo o território nacional, torna a gestão dos fornecedores de serviços de apoio – tais como limpeza, manutenção, catering, entre outros -, tarefas com algum grau de complexidade, acrescido neste caso pelas elevadas exigências de monitorização aos níveis de serviço contratados.

“O facto de a Vodafone Portugal ter escolhido a nossa solução de Facilities Management para a gestão dos seus prestadores de serviços vem reforçar a qualidade das nossas soluções e a confiança que os nossos parceiros depositam em nós e é com grande orgulho que nos tornamos um case study da empresa”, disse em comunicado André Calixto, da NextBitt.

 A necessidade da Vodafone Portugal adotar a sua própria plataforma de Assets & Facilities Management surgiu após a constatação de que havia a necessidade de reduzir o número de prestadores de serviços.

Dizem no mesmo documento que, numa primeira fase, foi realizado um concurso para esse efeito, em que um dos requisitos seria as empresas possuírem uma plataforma de gestão através da qual fosse possível fazer a gestão das intervenções e acompanhamento da sua execução.

No entanto, continuam, o requisito relativo às plataformas não funcionou, uma vez que cada plataforma era diferente e havia um problema adicional de o help desk receber os pedidos através de email, o que criava dificuldades no processamento dos pedidos e no seu seguimento.

Segundo Luís Ameixa, engenheiro de infraestruturas da Vodafone e um dos responsáveis internos pelo projeto de Facilities Management da empresa, são claros os benefícios da plataforma NextBitt que a Vodafone Portugal está a usar: “Tornou-se essencial para todos os pedidos feitos pelos colaboradores da Vodafone, mas também para gerir a parte mais preventiva, das tarefas que são feitas ao longo do tempo com uma periodicidade regular”.

Luís Ameixa recorda também que “a Vodafone Portugal possui certificação ambiental ISO 14000, a qual obriga a empresa a possuir informação para verificação da conformidade, algo que agora se tornou muito mais fácil”. 

“Anteriormente, o email e o telefone eram os canais através dos quais a maioria dos pedidos eram feitos e acompanhados, o que tornava difícil o seguimento das ações”, explica Luís Ameixa. “Agora, com a plataforma na nuvem, tudo é feito simplesmente através de um browser em qualquer dispositivo e em qualquer lugar: uma loja realiza um pedido de intervenção, o help desk faz triagem e o fornecedor que tem de resolver o problema recebe a  notificação. O seguimento do processo até à sua conclusão é igualmente feito através da plataforma”.

O sistema processa mais de 60 mil notificações por ano.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor