Netflix: o próximo estúdio cinematográfico?

Negócios

A Netflix já não quer mais alugar os programas que emite. Agora, o serviço de streaming quer ter propriedade sobre eles e até produzir uns quantos, como um estúdio cinematográfico de Hollywood. Estará a Netflix a dar um passo maior do que a perna? Nos últimos tempos, o serviço de streaming Netflix tem ganho força

A Netflix já não quer mais alugar os programas que emite. Agora, o serviço de streaming quer ter propriedade sobre eles e até produzir uns quantos, como um estúdio cinematográfico de Hollywood. Estará a Netflix a dar um passo maior do que a perna?

Netflix

Nos últimos tempos, o serviço de streaming Netflix tem ganho força a olhos vistos, chegando mesmo a fazer tremer algumas emissoras televisivas, que viram os seus negócios ameaçados por este novo personagem que veio redesenhar o rumo da ação da história.

Com um valor de mercado de 34,58 mil milhões de dólares, de acordo com o MarketWatch, a Netflix está a desbravar terreno para deixar de ser uma mera emissora de conteúdos televisivos, para passar a ser produtora e proprietária dos conteúdos que oferece.

Citado pela Bloomberg, o diretor executivo Reed Hastings revelou que a Netflix possuirá grande parte dos mais de 20 programas originais que em 2016 vão estrear no seu serviço.

House of Cards é uma das séries mais populares emitidas pelo Netflix, e, contrariamente ao que muitos poderão pensar, é produzida pela Media Rights Capital. Quanto aos programas que passarão para as mãos da Netflix, Hastings não avançou títulos, mas a Bloomberg, apoiando-se em informações adiantadas por uma fonte próxima do assunto, diz que a série Flaked, com Will Arnett, será um deles.

A estratégia de posse de conteúdos permitirá à Netflix abrir as barragens de novas fontes de receitas, como a venda de DVDs ou o licenciamento de séries a outros serviços de streaming.

Por agora, a Netflix compete com, pelo menos, algumas emissoras televisivas. Um dia talvez passe a esgrimir com a 20th Century Fox ou até com a própria Universal Studios.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor