Negócio da Symantec deverá dividir-se em dois

Negócios

A Symantec, empresa norte-americana especializada no desenvolvimento de soluções de segurança cibernética, está a planear dividir o seu negócio em duas entidades distintas, sendo que uma parte deverá vender software de segurança e a outra focar-se-á no armazenamento de dados. A decisão, comunicada pela agência Bloomberg, segue o que parece estar a tornar-se uma tendência

A Symantec, empresa norte-americana especializada no desenvolvimento de soluções de segurança cibernética, está a planear dividir o seu negócio em duas entidades distintas, sendo que uma parte deverá vender software de segurança e a outra focar-se-á no armazenamento de dados.

Symantec

A decisão, comunicada pela agência Bloomberg, segue o que parece estar a tornar-se uma tendência no seio das empresas tecnológicas, como a Philips e a Hewlett-Packard.

Apesar da informação ter sido avançada por fontes próximas do assunto, a Symantec recusou-se a comentar aquilo que apelidou de “rumores”.

Já no passado mês de abril a Reuters havia revelado que a Symantec, que domina o mercado norte-americano de software de segurança, estaria em negociações com entidades bancárias para delinear uma estratégia de defesa contra eventuais investidores ativistas, e que a divisão da empresa em segmentos menores seria uma possibilidade.

A separação poderá posicionar os ramos da Symantec como potenciais alvos para aquisição, segundo a Bloomberg.

Este ano a criadora do antivírus Norton despediu-se do seu diretor executivo Steve Bennett, nomeando para o cargo Michael Brown, que juntara-se à Symantec depois da fusão desta com a Veritas Software em 2005.

A Bloomberg avançara que a separação deverá ser anunciada dentro de algumas semanas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor