Necessidade de tecnologia Flash é uma barreira

Negócios

A esmagadora maioria (90%) dos decisores de TI reconhece a necessidade da Flash nos seus negócios. Porém, apesar desta necessidade, o custo e a falta de compreensão dos benefícios da Flash por parte dos decisores financeiros continua a ser uma das principais barreiras à sua adopção generalizada na Europa, diz um inquérito da NetApp.

Entre os resultados do estudo, destaque par ao facto de apesar do custo da tecnologia Flash ter diminuído, 40 por cento dos decisores TI pensa que é demasiado cara para investir nela. A barreira do custo é mais visível e comum entre as empresas mais pequenas do Reino Unido (32 por cento) e da Alemanha (46 por cento). Em França, estes valores foram iguais em empresas de todas as dimensões: 42 por cento dos decisores seniores das empresas mais pequenas mas também das maiores indicaram preocupações relativamente ao custo.

Por outro lado, 90 por cento dos inquiridos admitiu que há uma necessidade da Flash nas suas empresas. Os decisores TI franceses e alemães de empresas de média dimensão são os maiores defensores da Flash, com 94 por cento a concordarem que ‘uma falta de necessidade de soluções Flash’ não é uma barreira à adopção da Flash. Entretanto, no Reino Unido, o maior apoio à tecnologia Flash vem das empresas mais pequenas, com 92 por cento dos respondentes a considerarem que não vêem a falta de necessidade como uma barreira à adopção de soluções Flash.

Os decisores TI revelaram ainda que um em cada cinco decisores financeiros (22 por cento) nas empresas não compreende suficientemente as vantagens da tecnologia Flash para investir nelas. Este obstáculo é mais pronunciado nas empresas maiores, com quase um quarto dos inquiridos a revelar que os decisores não sabem o suficiente sobre a tecnologia Flash.

“Para muitas empresas que procuram transformar-se digitalmente, a ideia de um data center All-Flash tornou-se uma realidade prática”, afirmou no comunicado que acompanha o inquérito Manfred Reitner, vice-presidente sénior e director-geral EMEA, da NetApp. “No entanto, apesar da introdução de novas drives de alta capacidade e da tendência de descida do preço nas tecnologias Flash, o nosso estudo revela que ainda há muito trabalho a fazer para educar os líderes dos negócios acerca do verdadeiro valor da Flash. Estamos a trabalhar para remover as barreiras e arriscar a adopção da Flash, para que os clientes possam perceber a promessa de um data center All-Flash, de forma simples e rentável.”

A verdadeira vantagem do armazenamento Flash é menos consumo energético, menos arrefecimento, menos espaço e menos peças móveis, tudo combinado com um melhor desempenho”, explica Peter Wüst, diretor sénior do Grupo de Soluções Emergentes & Inovação EMEA da NetApp. “A Flash, a par do software NetApp para gerir dados de forma mais eficiente entre clouds de modo escalável, possibilita a transformação digital.”

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor