NEC Portugal implementa ligação micro-ondas entre as ilhas de São Tomé e de Príncipe

ProjetosRedes

A NEC Portugal aproximou as ilhas de São Tomé e de Príncipe com a implementação de uma ligação rádio micro-ondas que cobre 176 quilómetros de distância. O projeto, que foi adjudicado pela Companhia Santomense de Telecomunicações (CST), vem melhorar a qualidade dos serviços de telecomunicações no arquipélago.

A mais longa ligação de rádio micro-ondas alguma vez implantada pela NEC sobre o mar substituiu a anterior ligação entre as duas ilhas, suportada por tecnologia Time-division multiplexing (TDM) e unicamente baseada em canais de 2Mbps.

Em apenas cinco semanas, São Tomé e Príncipe recebeu uma nova solução, que faz uso da tecnologia de Modulação Adaptativa (AMR), permitindo uma transmissão estável mesmo em condições climatéricas adversas.

A ligação assegura 20 canais de ligação a 2Mbps para comunicação móvel GSM (Sistema Global para Comunicações Móveis) e pode atingir uma capacidade máxima de 560Mbps, quando o clima é favorável, quase duplicando a largura de banda inicialmente prevista para comunicação de dados, que estipulava um mínimo de 300Mbps com uma modulação 64QAM.

“Este aumento de capacidade na ligação entre as duas ilhas é um empreendimento ambicioso que tornou a ilha do Príncipe mais próxima da ilha de São Tomé, proporcionando um aumento de qualidade exponencial nos serviços de telecomunicações da ilha do Príncipe”, declarou em comunicado Walker Viana, diretor técnico da CST.

Como revela a empresa em comunicado, a NEC terá sido eleita pela CST dada a “qualidade dos equipamentos e do projeto de ligação apresentado”, um motivo a que se somam os vinte anos de experiência da empresa na gestão e execução de projetos de transmissão rádio por feixes de micro-ondas

“O desenho, planeamento e implementação de uma ligação com estas características, sobre o mar e para uma distância recorde, representa sempre um desafio, dada a necessidade de garantir os elevados níveis de desempenho e qualidade pelos quais a NEC é reconhecida no mercado. No entanto, tirando partido do avanço tecnológico dos seus equipamentos e da experiência acumulada pelos seus engenheiros ao longo de duas décadas de atividade, a NEC conseguiu responder a este desafio e estabelecer com sucesso esta ligação de grande capacidade entre as duas ilhas”, disse em comunicado João Paulo Fernandes, diretor geral de Vendas e Marketing da NEC Portugal.

A NEC já realizou projetos semelhantes em Portugal e Timor.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor