MWC 2015: solução da AT&T liga carros a casas inteligentes

Mobilidade

A AT&T vai unir a suas tecnologias para carros conectados aos seus sistemas para casas inteligentes. A operadora alveja a liderança do setor crescente dos connected cars com uma oferta integrada e diferenciadora, para lutar contra rivais como a Google e a Verizon. A operadora norte-americana de telecomunicações móveis AT&T quer oferecer aos seus clientes

A AT&T vai unir a suas tecnologias para carros conectados aos seus sistemas para casas inteligentes. A operadora alveja a liderança do setor crescente dos connected cars com uma oferta integrada e diferenciadora, para lutar contra rivais como a Google e a Verizon.

AT&T

A operadora norte-americana de telecomunicações móveis AT&T quer oferecer aos seus clientes uma solução que faça a ligação entre os automóveis e as casas que estejam equipados com sistemas inteligentes. Desta forma, segundo consta, a união dos portfólios Digital Life, de serviços de automação e de segurança doméstica, e Drive, de serviços de conexão para carros, vai permitir que o utilizador possa controlar os sistemas e equipamentos inteligentes que tem em casa a partir de um painel integrado no seu automóvel.

Na semana passada, Glenn Lurie, diretora-geral da AT&T Mobility, revelara à Reuters que a operadora preparava-se para lançar uma solução integrada que possibilitaria controlar casas inteligentes através de carros com sistemas de conexão à rede. Este anúncio precede a apresentação oficial que a AT&T tem agendada para os próximos dias, durante o Mobile World Congress em Barcelona.

A união dos serviços Digital Life com os Drive vai, por exemplo, permitir, a partir do automóvel, dar instruções à cafeteira para começar a aquecer o café, ou ligar o ar condicionado para começar a arrefecer a casa, quando estamos a alguns minutos de chegar à garagem, que estará certamente já aberta, à espera do automóvel que enviou todas aquelas ordens.

Em 2014, a AT&T registou cerca de 20 milhões de dispositivos connected que integravam as suas soluções inteligentes, desde carros a sensores para contentores, um aumento de 21 por cento face ao ano anterior, disse a Reuters.

Várias são já as empresas tecnológicas que têm dado provas de querer deitar a mão à liderança do setor dos automóveis inteligentes, com capacidade de ligação à rede. Por exemplo, a Verizon, a Google, a Microsoft e a TomTom já lançaram as suas próprias soluções para dotar os automóveis de um maior nível de inteligência digital.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor