Mulally pressionado pela Ford

EmpresasNegócios

Alan Mulally, atual CEO da Ford, ainda não decidiu se vai ou não aceitar o cargo da Microsoft e a Ford Motors já o está a pressionar a tomar uma decisão. Fartos dos rumores e da indecisão de Mulally, os administradores da Ford estão já a pressionar o seu atual CEO para este escolher entre

Alan Mulally, atual CEO da Ford, ainda não decidiu se vai ou não aceitar o cargo da Microsoft e a Ford Motors já o está a pressionar a tomar uma decisão.

Alan-MulallyFartos dos rumores e da indecisão de Mulally, os administradores da Ford estão já a pressionar o seu atual CEO para este escolher entre a produtora de automóveis e a multinacional de tecnologia e informática, de modo a que, se a sua decisão recair pela Microsoft, a Ford terá de começar a procurar um novo responsável para o cargo.

Este assunto será discutido na próxima reunião de administradores, que terá lugar na quinta-feira da próxima semana, onde os diretores pretendem resolver este problema. No entanto, a presença de Alan Mulally na reunião ainda não está confirmada.

Esta indecisão de Mullaly está a prejudicar a Ford, uma vez que a imprensa em vez de escrever sobre o Mustang ou sobre o resultados financeiros da empresa, está a escrever sobre o CEO e a sua possível saída para a Microsoft.

Mulally tem sido um dos nomes mais falados para ocupar o cargo deixado por Steve Ballmer na Microsoft, sendo mesmo um dos principais candidatos a assumir o cargo. Apesar disto, o CEO da Ford nunca confirmou estar em conversações com a gigante norte-americana de tecnologia, mas também nunca desmentiu os rumores.

A Ford diz que Mulally tem contrato até ao próximo ano e a Microsoft recusa-se a fazer comentários sobre este assunto.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor