MSESS implementa solução Cisco

Gestão de RedesProjetosRedesSetor Público

O Instituto de Informática, instituto público responsável pelas tecnologias de informação e comunicação do Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social (MSESS) elegeu as tecnologias de colaboração da Cisco para simplificar a gestão e prestação de um melhor serviço aos cidadãos e empresas, obtendo uma solução integral de comunicações unificadas. A solução irá permitir uma

O Instituto de Informática, instituto público responsável pelas tecnologias de informação e comunicação do Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social (MSESS) elegeu as tecnologias de colaboração da Cisco para simplificar a gestão e prestação de um melhor serviço aos cidadãos e empresas, obtendo uma solução integral de comunicações unificadas. A solução irá permitir uma poupança de cerca de 15 milhões de euros nos próximos quatro anos.

Edifício_do_Ministério_do_Trabalho_e_Segurança_Social_8774A Cisco Unified Communications Manager 9.0, plataforma de controlo de chamadas para empresas, foi escolhida após um projeto piloto, oferecendo serviços de comunicação e colaboração de última geração através da integração de voz, dados e vídeo numa só base de comunicações unificadas, substituindo as centrais telefónicas anteriormente utilizadas.

Os softwares Cisco Unified CM 9.0 e Cisco Jabber correm em servidores UCS C210 M2 Series Blade, existindo dois para assegurar a resiliência do sistema. A primeira fase do projecto abrangeu inicialmente cerca de 600 trabalhadores, na sede do Instituto de Informática e nas suas 18 equipas locais localizadas nas capitais de distrito e em cerca de 30 locais que suportam o contact center da Segurança Social. O objetivo é ter 13 mil telefones Cisco Unified IP totalmente operacionais até ao final de 2014.

É estimada uma poupança de sete milhões de euros nos próximos quatro anos com a transferências das chamadas internas para a WAN através da implementação Cisco Unified CM 9.0. O contact center irá contribuir com mais dois milhões de euros de poupança por ano, o que perfaz um total de 15 milhões de euros nos próximos quatro anos. A adoção generalizada de comunicações unificadas, embora pouco usual no setor público, não só vai melhorar o retorno financeiro através do aumento da produtividade como também encorajar novas formas de trabalhar através da utilização do Jabber.

O Instituto de Informática serve atualmente os 10 milhões de portugueses, além de meio milhão de empresas privadas, tendo a sua atividade impacto sobre 25% do PIB nacional.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor