Mobilidade é fator crucial para crescimento da Banca

MobilidadeNegócios

A Mobilidade está a ganhar cada vez mais destaque na lista de prioridades da Banca portuguesa. A diretora informática do Santander Totta diz que o setor quer estar em constante contacto com os seus clientes. “Nenhuma empresa vai evoluir colocando a tecnologia longe das pessoas e das áreas  de relação, nomeadamente, longe das áreas comerciais,

A Mobilidade está a ganhar cada vez mais destaque na lista de prioridades da Banca portuguesa. A diretora informática do Santander Totta diz que o setor quer estar em constante contacto com os seus clientes.

008

“Nenhuma empresa vai evoluir colocando a tecnologia longe das pessoas e das áreas  de relação, nomeadamente, longe das áreas comerciais, do marketing, das redes sociais e dos touch points do cliente”, afirmou Elsa Graça, CIO do Santander Totta. A executiva advoga que o setor financeiro português está cada vez mais ciente do papel das novas tecnologias no crescimento dos negócios e na relação entre organização e cliente.

De acordo com a diretora informática, as TI já não se cingem aos topos das pirâmides hierárquicas das empresas, sendo a gestão destes projeto mais partilhada entre os vários órgãos da entidade. “Desenhar, criar e construir processos que assegurem o cumprimento correto e atempado da legislação em vigor sem criar obstáculos, quer do lado das tecnologias, quer do lado do negócio é um dos maiores desafios enfrentados pelo sector”, referiu Elsa Graça, evidenciando a crescente democratização da participação nestes projetos e a importância da cooperação interdepartamental no crescimento e fortalecimento da empresa.

É, então, essencial que o Marketing, a área de relação com o cliente, e o segmento de vendas sejam suportados pelas TI e por soluções de Mobilidade, de forma a terem acesso à informação pretendida, onde e quando ele for necessária, sem constrangimentos evitáveis e supérfluos.

Também cada vez são mais as empresas do setor financeiro que adotam soluções de Big Data e Analítica. Desta forma, as organizações pretendem extrair informações úteis para o desenvolvimento de negócio a partir dos volumes colossais de dados, sendo uma das indústrias que mais data gera.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor