MicroStrategy: “O Usher é algo à frente do seu tempo”

Negócios

Agora que o MicroStrategy World terminou, quisemos saber junto de Vítor Rodrigues, Country Leader da MicroStrategy para Portugal, Moçambique e Angola, se o evento de Barcelona teve efeitos práticos na angariação de mais negócio para a sucursal nacional da empresa. Além disso, e como a B!T já tinha dado conta na sua reportagem, o Usher

Agora que o MicroStrategy World terminou, quisemos saber junto de Vítor Rodrigues, Country Leader da MicroStrategy para Portugal, Moçambique e Angola, se o evento de Barcelona teve efeitos práticos na angariação de mais negócio para a sucursal nacional da empresa. Além disso, e como a B!T já tinha dado conta na sua reportagem, o Usher e a reformulação da oferta do fabricante foram tópicos inevitáveis nesta breve entrevista.

Vitor_Rodrigues_MicroStrategy_2_Edit

B!T: Qual o feedback dos parceiros e clientes ao vosso anúncio da reformulação da oferta, tendo em conta que muitos terão direito a um upgrade gratuito?

Vítor Rodrigues: O feedback dos nossos parceiros e clientes foi excelente. Ficaram extremamente satisfeitos com a nova tabela de pricing, além da possibilidade de obterem todos esses benefícios fazendo apenas um upgrade de software. É algo muito novo na indústria de software. Além da nova tabela de pricing, as mudanças na oferta vão permitir aos novos e atuais clientes da MicroStrategy aproveitar todo o potencial das suas aplicações analíticas utilizando a plataforma web e mobile mais abrangente do mercado.

O MicroStrategy World gerou algumas leads de negócio para Portugal ou possibilitou o fecho de algum negócio?

Claro que sim. O MicroStrategy World é um evento de Marketing e, como tal, serve para gerar branding, networking e, claro, negócio. Mais de 25 empresas mundiais apresentaram as suas melhores práticas sobre como têm implementado soluções MicroStrategy para melhorar a eficiência operacional, aumentar a receita e melhorar o desempenho do negócio e, certamente, estes exemplos terão repercussões noutras empresas.

Dado o seu potencial, qual o impacto que o Usher poderá ter no mercado nacional?

O Usher é algo à frente do seu tempo e o nosso foco tem sido educar os clientes e parceiros a verem todos os potenciais benefícios de tal tecnologia. É algo muito novo, muito seguro e experimentado. Algo que quem adota fica na vanguarda. Vamos esperar para ver como o mercado nacional reage.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor