Microsoft vai comprar empresa de cibersegurança Hexadite

EmpresasNegóciosSegurança

A Microsoft chegou a acordo para a compra da Hexadite por 100 milhões de dólares, avançou o site israelita Calcalist. A aquisição, que ainda não foi confirmada, representa mais um passo da gigante tecnológica para dotar os seus produtos de maior segurança.

A Hexadite, fundada em 2014, tem sede em Boston e o centro de R&D em Israel e desenvolve tecnologia para automatizar as respostas aos ataques cibernéticos, mais do que preveni-los. A companhia refere que esta abordagem aumenta a produtividade e reduz os custos para as empresas.

A solução da empresa de cibersegurança usa inteligência artificial (IA) que se integra com ferramentas de detecção de segurança existentes, como por exemplo firewalls e sistemas de alerta cibernético da Kaspersky, para investigar as ameaças existentes.

A companhia conseguiu, no ano passado, um investimento de cerca de 8 milhões de dólares da Hewlett Packard Ventures e tem ainda outros investidores como os fundos Ten Eleven Ventures e YL Ventures.

A Microsoft e a Hexadite ainda não comentaram oficialmente o negócio mas a tecnológica de Redmont disse, em janeiro, que tinha planos para continuar a apostar na cibersegurança e gastar sensivelmente mil milhões de dólares, por ano, em investigação e desenvolvimento nessa área.

Assim, e tendo em conta o recente ciberataque que afetou o sistema operativo Windows, é natural que a companhia aposte forte não só na prevenção mas também na resposta aos episódios que afetam a segurança dos seus produtos.

 

Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor