Microsoft é quase dona da LinkedIn

Negócios
0 3 Sem Comentários

As autoridades de defesa da concorrência da União Europeia vão dar parecer positivo na compra da rede social LinkedIn pela Microsoft por 26 mil milhões de dólares, avançou a Reuters.

A dona do Windows passar assim a deter esta empresa com 433 milhões de utilizadores, num negócio cujo valor supera o da Nokia, Skype e Mojang. Ou seja, é o maior pago, até hoje, pela Microsoft.

A maior transação até agora tinha sido a compra do Skype, em 2011, por 8,5 mil milhões.

Depois, estão as da Nokia, por 7,18 mil milhões de dólares, em 2013, da aQuantive, por 6,4mil milhões de dólares, em 2007 e da Mojang, criadora do “Minecraft”, por 2,5 mil milhões de dólares, em 2014.

Jeff Weiner,  o presidente-executivo do LinkedIn, deverá continuar à frente da empresa, reportando a Satya Nadella, presidente-executivo da Microsoft.

 

A empresa acrescenta desta forma um conjunto de serviços de vendas, marketing e recrutamento aos seus produtos principais, indo a LinkedIn ser incorporada ao segmento de Produtividade e Processos de Negócios da Microsoft.

A rede social, que possui 433 milhões de utilizadores em todo o mundo, recebe 105 milhões de visitas por mês. O uso concentra-se em aparelhos móveis – 60% do fluxo vem de smartphones e tablets. Segundo as duas empresas, há 7 milhões de listas de empregos ativas no LinkedIn.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor