Microsoft lança consórcio para combater cegueira com IA

CloudInovação

A gigante de Redmond lançou a Microsoft Intelligent Network for Eyecare (MINE) com o intuito de usar inteligência artificial para combater a cegueira evitável. É um consórcio global, liderado pela Microsoft Índia em colaboração com o L V Prasad Institute.

Esta rede junta instituições comerciais, de pesquisa e académicas orientado a missões, que se uniram para aplicar a inteligência artificial no esforço de eliminação da cegueira evitável e da prestação de serviços de cuidados com a visão em todo o mundo. A Microsoft implantará a sua tecnologia de plataforma em nuvem – Cortana Intelligence Suite –, destinada à análise avançada e à construção de modelos de Inteligência Artificial em cuidados visuais.

As organizações parceiras desse consórcio incluem a Universidade Federal de São Paulo, além da Bascom Palmer – Universidade de Miami, Flaum Eye Institute – Universidade de Rochester (EUA),  e Brien Holden Vision Institute (Austrália). Estas organizações trabalharão coletivamente em diversos conjuntos de dados de pacientes em todas as áreas geográficas, para elaborar modelos de previsão de aprendizagem de máquina para deficiência visual e doenças oculares.

Isso incluirá a taxa de alteração da miopia infantil, as condições que afetam a visão das crianças, os resultados esperados da cirurgia refrativa, parâmetros cirúrgicos ótimos, além de maneiras de personalizar uma cirurgia e maximizar a sua probabilidade de sucesso. Ao estudar estes dados e aplicar análises avançadas com a tecnologia de aprendizagem de máquina da Microsoft para obter informações, a MINE procurará estratégias para prevenir a cegueira evitável e ajudar a aumentar a eficiência na prestação de cuidados de saúde em todo o mundo.

Atualmente, 285 milhões de pessoas são deficientes visuais.

“Ao usar as nossas habilidades e trabalho pioneiro no campo de aprendizagem de máquina desenvolvidos durante anos, a Microsoft ajudou a acelerar a transformação digital em vários setores importantes na Índia, incluindo a agricultura e a educação”, afirmou no lançamento Anil Bhansali, diretor da Microsoft Índia R&D. O executivo salientou que a MINE é uma colaboração global que reforça a crença no poder combinado de dados, nuvem e análises avançadas para proporcionar o bem comum. “No nosso objetivo compartilhado para erradicar a perda de visão, a MINE irá ajudar a redefinir os cuidados oftalmológicos, reunindo o poder da tecnologia e o conhecimento de especialistas globais.”

O L V Prasad Eye Institute já usa Azure Machine Learning e Power BI para conduzir intervenções clínicas e melhorar os resultados dos pacientes. “Estamos confiantes que essa parceria não apenas abrirá portas para oportunidades no campo dos cuidados oftalmológicos, mas também pavimentará o caminho para que outros aproveitem a tecnologia para cuidar de outras doenças oculares severas”, disse G.N. Rao, presidente-fundador do LVPEI.

Joseph Sirosh, vice-presidente corporativo de grupo de dados da Microsoft, também ressaltou que a parceria com a LVPEI e o consórcio reúne o melhor que existe na área para reimaginar os cuidados com a saúde. “Continuaremos a direcionar os nossos investimentos em nuvem, aprendizagem de máquina e análises avançadas para fornecer a base para capacitar pessoas e organizações a construir, inovar e transformar”.

Como próximos passos, a MINE reunirá diferentes organizações parceiras no Azure para trabalhar coletivamente em ideias de impacto.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor