Microsoft e Google unem-se contra Governo americano

EmpresasNegócios

As companhias Google e Microsoft deram tréguas à rivalidade e unem-se para processar o governo norte-americano com a finalidade de expor ao mundo detalhes sobre privacidade dos utilizadores. A espionagem no meio das comunicações fazem com que Google e Microsoft processem o governo dos EUA, com argumento da censura que foi imposta a todas as

As companhias Google e Microsoft deram tréguas à rivalidade e unem-se para processar o governo norte-americano com a finalidade de expor ao mundo detalhes sobre privacidade dos utilizadores.

google20_1_0_21_1920_1257A espionagem no meio das comunicações fazem com que Google e Microsoft processem o governo dos EUA, com argumento da censura que foi imposta a todas as empresas de tecnologias.

As companhias foram proibidas de informar os detalhes das informações que foram solicitadas pela NSA (Agência de Segurança Nacional) dos usuários.

Segundo Brad Smith, do conselho geral da Microsoft, o processo já foi enviado em junho deste ano e nas últimas semanas o Departamento de Justiça pediu, por seis vezes, mais tempo para responder aos processos da empresa.

Smith afirma ainda que, ao longo das últimas semanas, a Google e a Microsoft promoveram essas conversações em consultoria com outras empresas do sector tecnológico.

Na esperança de que os tribunais possam apoiar o “direito de falar abertamente”, o executivo disse ainda que as várias negociações para chegar a um acordo falharam, desta forma, todas as empresas irão continuar com o processo para ter mais liberdade de informação.

Tanto a Google como a Microsoft foram acusadas de dividir informação de usuários com o governo dos EUA, portanto o mesmo informa que irá começar a publicar o número exato de pedidos sobre informações dos utilizadores no último ano.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor