Microsoft confirma novos despedimentos

EmpregoGestãoNegócios

A Microsoft anunciou que tem planos para uma restruturação organizacional, que acarretam o despimento de vários colaboradores em todo mundo. A nova estratégia da empresa passa por dar uma maior foco aos seus serviços na nuvem.

De acordo com o TechCrunch, os despedimentos podem situar-se entre as 3000 a 5000 pessoas, afetando maioritariamente as equipas ligadas às vendas. De referir que a Microsoft emprega cerca de 52 mil pessoas, a nível mundial, na área de vendas e marketing. 

A empresa não divulgou ainda números oficiais mas confirmou a vários órgãos de comunicação que deu início ao processos de despedimento e que já começou a informar os colaboradores.

“A Microsoft está a implementar mudanças para servir melhor os seus clientes e parceiros”, afirmou um porta-voz da empresa, em comunicado. “Estamos a tomar medidas para notificar algun funcionários de que os seus empregos estão sob consideração ou serão eliminados.” 

As equipas de vendas irão agora focar-se mais no serviço de cloud Azure, em concordância com a nova estratégia, sendo que a nova abordagem irá ter como alvo as  PME´s. 

Julho é tradicionalmente o mês escolhido pela Microsoft para os despedimentos, tendo a companhia feito um a redução de colaboradores exatamente nesta altura em, 2015 (7000 pessoas) e em 2016 (2859 pessoas).

 

Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor