Microsoft compra startup Cycle Computing

CloudEmpresasNegócios

A gigante tecnológica de Redmond anunciou a compra da startup especializada em computação e processamento de dados na nuvem Cycle Computing. Nenhuma das companhias revelou, até ao momento, o valor do negócio.

A Cycle Computing , que foi fundada há 12 anos, nunca contou com apoio de investidores e tem hoje um crescimento de 2,7 vezes ao ano e uma base de clientes que gasta entre 50 e 100 milhões de dólares anuais em infra-estrutura de nuvem.

A empresa não é das mais conhecidas mas tem clientes como a farmacêutica Novartis, a NASA, além de uma série de companhias de biotecnologia, seguros e finanças. A sua solução mais conhecida é o CycleCloud, que gere cargas de trabalho de computação e dados em Linux e Windows em qualquer ambiente público ou privado.

Além disso, é uma das fundadoras da Cloud Native Computing Foundation, da qual faz também parte a Microsoft.

A Cycle Computing fornece os seus serviços e soluções através do Google, da Amazon e da empresa do Azure, que garantiu já, em comunicado, que dará suporte aos clientes atuais da startup.

“Estamos entusiasmados em juntarmo-nos à Azure precisamente porque partilhamos a mesma visão de trazer Big Compute para o mundo: para resolver os problemas mais desafiadores dos nossos clientes e da humanidade através do uso de HPC (High Performance Computing) na nuvem”, referiu Jason Stowe, CEO da Cycle Computing.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor