Microsoft e Banco Votorantim vão investir juntos em fintech no Brasil

FinançasInovaçãoNegócios
0 0 Sem Comentários

A Microsoft e o Banco Votorantim vão investir juntos em startups de tecnologia para a área financeira, ou fintechs. É um reforço dos interesses da gigante americana no Brasil, que abre mais uma área em seu portfólio de investimentos.

A novidade foi avançada em entrevista à agência Reuters e a parceria começa com um investimento de RS$3 milhões no fundo BR Startups criado pela Microsoft. A expectativa é financiar uma mão cheia de startups fintech, com investimentos entre RS$250 mil e RS$1,5 milhões.

“Estamos à procura startups que já passaram da fase de validação e desenvolvimento do produto e precisam de capital para crescer e ganhar força no mercado”, disse Gabriel Ferreira, diretor de estratégia, planeamento e empréstimos no Banco Votorantim.

A parceria mostra que existem cada vez mais bancos brasileiros a olhar para a inovação das fintechs, que têm potencial para causar disrupção no mercado.

Franklin Luzes, diretor operacional da Microsoft Participações (o braço de investimento da empresa no Brasil) diz que as startups que os parceiros procuram são as que arriscam cair no “Death Valley” entre as primeiras rondas de investimento e as rondas mais tardias, entregues a firmas de investimento tradicionais.

O BR Startups foi criado em 2014 para eliminar essa necessidade. Atualmente vale RS$17 milhões, apoia 70 startups e já levou a seis aquisições.

Em 2016, o fundo centra-se em parcerias com investidores-âncora como o Banco Votorantim, com o objetivo de atingir investimentos nas suas áreas de especialidade, explicou Franklin Luzes. A primeira dessas parcerias foi anunciada em julho: a Microsoft assinou um acordo com a Monsanto dedicado a investimentos no setor agrícola. Pode ler mais sobre essa parceria aqui.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor