Microsoft ajuda na transição do XP para SO mais recentes

Software

Dois meses antes da oficialização do abandono do Windows XP, a Microsoft está a disponibilizar, a pequenas e médias empresas (PME) e a consumidores, uma série de orientações para que possam deixar devidamente o sistema operativo e não trabalharem em software não suportado. Estas diretrizes incluem uma lista de verificação SMB (small and medium-sized businesses)

Dois meses antes da oficialização do abandono do Windows XP, a Microsoft está a disponibilizar, a pequenas e médias empresas (PME) e a consumidores, uma série de orientações para que possam deixar devidamente o sistema operativo e não trabalharem em software não suportado.

windows 8

Estas diretrizes incluem uma lista de verificação SMB (small and medium-sized businesses) elaborada por Jay Paulus da Microsoft, diretor do Marketing Windows para Pequenas Empresas. Paulus declarou ainda que “empresas que continuem a fazer uso do sistema operativo antigo estão subjugadas a riscos de segurança acrescidos, a elevados custos e a falta de apoio técnico”.

De acordo com Paulus, as maiores dificuldades que as PME enfrentam são os limitados recursos de TI e de pessoal. Acrescenta também que, para muitas pequenas e médias empresas com pouco ou nenhum orçamento para TI, “o processo de transição de SO pode recair sobre um só funcionário ou sobre o próprio dono, e fazer a atualização de cinco, 25 ou 250 computadores pode ser exasperante”.

A lista de diretrizes aponta vários recursos de que as PME podem fazer uso para procurar, delinear e integrar estratégias de atualização do sistema. Primeiramente, a Microsoft incita à utilização do seu Upgrade Assistant para auxiliar as empresas a verificarem se os sistemas em uso são compatíveis com o Windows 8.1.

Visto que nem todo o software XP irá desaparecer, a Microsoft sugere a exploração de novas opções que oferecem uma multiplicidade de formatos.

No que diz respeito à transferência de dados, Jay Paulus sugere o recurso a serviços cloud para transferir e assegurar a integridade dos ficheiros. A aplicação Compatibility Toolkit vai possibilitar às empresas a determinação se, de facto, as suas aplicações são compatíveis com a mais recente versão do Windows.

No seguimento do inegável fim do XP, Paulus afirma que a Microsoft está orgulhosa do que o Windows XP ofereceu às empresas durante mais de uma década, e que está empenhada em ajudar as companhias a atingirem maiores níveis de produtividade com o Windows 8.1 Pro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor