Microsoft adiciona capacidades de Big Data ao Office

Big DataData-StorageEmpresasNegóciosSoftware

A gigante Microsoft reforçou a Big Data, a aprendizagem de máquinas e capacidades mobile no seu principal produto na conferência anual Sharepoint esta semana. A mensagem da empresa é clara: conhecimento contextual, integração e colaboração, acima do tradicional modelo de trabalho, é o estilo de produtividade do local de trabalho de amanhã. A Microsoft anunciou

A gigante Microsoft reforçou a Big Data, a aprendizagem de máquinas e capacidades mobile no seu principal produto na conferência anual Sharepoint esta semana. A mensagem da empresa é clara: conhecimento contextual, integração e colaboração, acima do tradicional modelo de trabalho, é o estilo de produtividade do local de trabalho de amanhã.

big_data01A Microsoft anunciou algumas novas tecnologias nesta segunda-feira para o seu Office 365, oferecendo novas API, um melhoramento em mobile SDK e colaboração embebida através do seu suite.

Para além disso, a empresa também mostrou novas funcionalidades do Office que espera manter a empresa à frente dos seus rivais em aplicações de produtividade, incluindo a Google.

A Microsoft afirma que quer ajudar os profissionais a perder menos tempo à procura de pessoas a trabalhar em projetos similares através da sua organização. Como tal, foi introduzido o Office Graph, um projeto com o nome de código, aquando da sua produção, de “Oslo”.

O Office Graph é uma “fábrica inteligente” que trabalha no background, constantemente a analisar a atividade de cada utilizador para entregar atualizações em outras atividades relevantes que decorram à sua volta, que pode ser benéfico, principalmente, para os utilizadores de grandes empresas.

De forma a melhorar a colaboração em toda a organização, a Microsoft introduziu, também, o Groups. Essencialmente, embebeda novas funcionalidades colaborativas em todas as aplicações Office.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor