Micromax prepara IPO

Fornecedores de SoftwareMobilidadeProjetosSmartphones

A Micromax Informatics, a segunda maior fabricante de smartphones da Índia, planeia angariar até 500 milhões de dólares por meio de uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em abril, informou o jornal Economic Times. A empresa, que entrou no mercado de telemóveis da Índia em 2008, com telefones baratos com grandes ecrãs, vai vender

A Micromax Informatics, a segunda maior fabricante de smartphones da Índia, planeia angariar até 500 milhões de dólares por meio de uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em abril, informou o jornal Economic Times.

micromaxA empresa, que entrou no mercado de telemóveis da Índia em 2008, com telefones baratos com grandes ecrãs, vai vender uma participação minoritária, disse o jornal, citando executivos de bancos e outro da empresa.

A Micromax escolheu o Morgan Stanley e o Goldman Sachs para coordenar a oferta, segundo o relatório, acrescentando que espera ser avaliada em 14 vezes o seu lucro operacional.

A Micromax não respondeu imediatamente ao pedido da Reuters para comentar o assunto.

Apoiada pelas empresas de private equity TA Associates e Sequoia Capital, a Micromax havia contratado bancos em 2010 para uma IPO para embolsar até 150 milhões de dólares, mas descartou o plano um ano mais tarde, citando as frágeis condições do mercado.

Os seus principais rivais, em termos de rápido crescimento, no mercado mundial de smartphones incluem a Samsung Electronics, a Motorola e a chinesa Xiaomi.

No trimestre fechado em setembro, o mercado de smartphones da Índia cresceu em 64 por cento. A Samsung tem uma fatia de mercado de 25 por cento, seguido pela Micromax com 20 por cento, de acordo com a agência de pesquisa Contraponto Research.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor