Mercedes-Benz abre centro de competências digitais em Lisboa e une-se ao Web Summit

Inovação

A fabricante de automóveis germânica anunciou hoje, em Lisboa, a abertura do Digital Delivery Hub, o primeiro centro de competências digitais e de soluções globais de software a nível mundial da Mercedes-Benz. Além do mais foi, também, comunicado uma parceria com o Web Summit, em que a marca será patrocinadora do maior evento digital europeu.

A cerimónia de apresentação do projeto contou com a presença de António Costa , Primeiro-Ministro de Portugal; Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa; Sabine Scheunert, Vice President Digital & IT Marketing/Sales Mercedes-Benz Cars; Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit, Marcus Breitschwerdt, Head of Region Europe Mercedes-Benz Cars; Conrad Fritzsch, Head of Digital Marketing Mercedes-Benz Cars e Niels Kowollik, CEO Mercedes-Benz Portugal.

Fernando Medina deu mote e começou por afirmar que o Digital Delivery Hub é “um projeto especial” para a cidade de Lisboa que recebe um centro de uma das empresas “mais avançadas e comprometidas com o avanço tecnológico no mundo que é a Mercedes.” O autarca referiu que a capital portuguesa é e vai continuar a “ser uma cidade que produz talentos, que aposta nas universidades e na investigação.”

Marcus Breitschwerdt, afirmou que apostar na Europa ainda é um bom negócio e que a colaboração com as autoridades portuguesas foi vital para um arranque rápido do processo. O executivo referiu que Portugal tem uma “cultural liberal e de mente aberta que encaixa na filosofia da empresa”.

O centro pretende ser mais uma mais-valia no objetivo da Mercedes-Benz se tornar na referência mundial ao nível de serviços de mobilidade premium e a Vice President Digital & IT Marketing/Sales Mercedes-Benz Cars referiu que a transformação digital é um fenómeno indiscutível hoje em dia e que a fabricante é “líder a construir carros mas que isso já não é suficiente.” Sabine Scheunert referiu que no centro das preocupações da empresa estão os clientes e que a nova unidade digital da Mercedes, a Digital One, está a liderar a mudança da empresa de uma fabricante de automóveis para uma provedora de serviços premium. O Digital Delivery Hub é, assim, mais um passo na estratégia da empresa germânica nesse sentido.

O centro já abriu, para já no Second Home, no Mercado da Ribeira mas a Mercedes-Benz está a procura de instalações maiores e o Hub do Beato poderá ser uma solução. O Digital Delivery Hub quer ser um sitio de desenvolvimento de soluções digitais e de experiências digitais de luxo, referiu a responsável da fabricante de automóveis. “Todos os proprietários de um smartphone são potencias clientes da Mercedes-Benz”, referiu.

A escolha de Lisboa foi realizada após uma pesquisa intensiva por toda a Europa, em que o apoio do Governo Português e da Câmara Municipal de Lisboa, que acompanharam toda a fase de implementação do novo centro dinamizando todo o processo burocrático, foram importantes na escolha final.

António Costa, afirmou que “a chave da competitividade está na inovação” e que Portugal quer apostar nesse área sendo, por essa razão, de vital importância a abertura de centros de competências como este no país. O Primeiro Ministro reforçou que a situação em que nos encontramos é fruto de uma aposta na área de educação e ciências que foi realizada há 20 anos atrás. “Em cerca de 10 anos, o número de cientistas e engenheiros no conjunto da população ativa portuguesa passou de 3% para 6,6%”, indicou António Costa.  O governante indicou que esta aposta na educação terá que ser mantida se Portugal quer continuar a ser um país inovador.

“Portugal que se transformou num cluster da indústria automóvel com base no fornecimento das peças”, tem agora que “acompanhar a evolução” para o digital. “Hoje nós subimos o patamar na campanha de valor da nossa participação na indústria automóvel à escala global”, acrescentou o Primeiro Ministro.

A Mercedes-Benz anunciou, ainda, que será um dos principais patrocinadores do Web Summit já este ano e Paddy Cosgrave referiu a marca “vai ter um papel importante na Pitch Competition” do evento e que vai co-organizar um hackaton para o desenvolvimento de soluções tecnológicas.

Mercedes-Benz procura talentos

Para o desenvolvimento do Digital Delivery Hub, a Mercedes-Benz procura atualmente talentos do mundo digital e serão abertas vagas para vários especialistas nas áreas de desenvolvimento de software, programação de aplicações (apps), Big Data, Cloud computing, Java, Java Script e programadores de AEM. São 125 lugares a preencher até 2018, de acordo com o indicado na conferência de imprensa de hoje.

Para saber mais informações sobre o Digital Delivery Hub e as vagas disponíveis, clique aqui.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor