Mercado de semicondutores vai crescer 7,2% em 2017

Negócios

A receita do mercado de semicondutores vai totalizar 64,1 mil milhões de dólares em 2017, um aumento de 7.2% em relação a 2016, prevê a Gartner. São excelentes notícias para a indústria, que no ano passado cresceu apenas 1,5%.

Esta subida no mercado de semicondutores deve-se a vários fatores e levou a Gartner a rever em alta as suas previsões.

“O pior já passou, com um outlook positivo a emergir para 2017, impulsionado pelo reabastecimento de inventário e aumento dos preços médios de venda em alguns mercados, particularmente de memórias e produtos padronizados para aplicações específicas”, explica o vice-presidente de pesquisa da Gartner, Ganesh Ramamoorthy.

“A subida que começou no segundo trimestre de 2016 vai continuar a ganhar momento e esperamos que as condições melhoradas continuem em 2017”, acrescentou.

A Gartner melhorou a sua previsão para 2017, contabilizando 14,1 mil milhões dólares adicionais na receita total do mercado. Desse volume, o mercado de memórias representa quase 10 mil milhões. “A oferta do mercado de memórias tornou-se positiva para os fabricantes que estão a promover preços médios de venda mais elevados para recuperar margens”, disse Ramamoorthy. 

No geral, o crescimento misto a que assistimos em 2016 vai transformar-se em crescimento sustentando em 2017, diz a Gartner. A consultora realça os mercados industrial, automóvel e de armazenamento como destaques em 2017; que estão a crescer rapidamente, embora representem uma porção mais pequena do mercado global. Além disso, a previsão para o crescimento de aplicações tradicionais dos semicondutores, como smartphones e computadores, é de abrandamento. Isso releva a importância dos mercados noutras categorias, com foco na Internet das Coisas (IoT).

“Isso implica que os gestores de produtos de semicondutores que sempre dependeram dessas categorias terão de olhar oportunidades adjacentes em novas aplicações emergentes na IoT e em áreas como indústria, armazenamento e automóvel.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor