MEO com nova estratégia para conquistar clientes

NegóciosOperadoresRedes

A MEO cortou no preço dos seus tarifários móveis Unlimited. Os descontos são de até 50 por cento e visam avolumar a base de clientes da operadora portuguesa. A MEO está em saldos. Reduzindo até metade os preços dos tarifários móveis pós-pagos Unlimited, a operadora telecomunicações da Portugal Telecom quer oferecer aos subscritores da modalidade

A MEO cortou no preço dos seus tarifários móveis Unlimited. Os descontos são de até 50 por cento e visam avolumar a base de clientes da operadora portuguesa.

MeoA MEO está em saldos. Reduzindo até metade os preços dos tarifários móveis pós-pagos Unlimited, a operadora telecomunicações da Portugal Telecom quer oferecer aos subscritores da modalidade (sejam eles já MEO, ou novos clientes) preços competitivos, com o objetivo de reforçar a posição da empresa no mercado português.

Assim, os clientes podem usufruir, mediante a adesão à campanha, do acesso a serviços de Internet móvel (cujo tráfego de dados varia entre os diferentes tarifários Unlimited). Paralelamente, os subscritores terão acesso a mais de 300 mil hotspots de MEO WiFi, à plataforma de armazenamento cloud da operadora e, gratuitamente, ao MEO Music.

Esta campanha, segundo fontes oficiais da PT, é direcionada a “clientes com elevada concentração de tráfego para a rede MEO móvel e fixa”, e tem também como objetivo fomentar o êxodo de consumidores de tarifários pré-pagos para pós-pagos, particularmente, para o Unlimited da MEO.

Ao passo que o Unlimited S, com 200 MB de Internet móvel por mês, receberá um corte de 50 por cento no preço, o desconto vai gradualmente reduzindo à medida que o tráfego móvel permitido pelo tarifário aumenta.

O preço do Unlimited M, com um GB de Internet móvel, será reduzido em 45 por cento. O Unlimited L, também com um GB, mas “com tráfego grátis para todas as redes fixas e móveis nacionais”, de acordo com a empresa, será alvo de um desconto de 25 por cento. Por último, o Unlimited XL, com 30 GB de Internet móvel e comunicações livres de custo para redes nacionais fixas e móveis, será também reduzido em 25 por cento.

Não obstante, a MEO, com cortes significativos nos preços dos tarifários, lançou aquela que pode ser considerada a primeira grande campanha de descontos agressiva no setor das telecomunicações.

A campanha, que é parte integrante da estratégia contínua de crescimento da MEO, surge uma semana após a venda da PT Portugal à operadora francesa Altice ter sido finalmente aprovada.

Os descontos, de que os clientes poderão gozar durante dois anos pelo mesmo período de fidelização, estão disponíveis para adesão de 29 de janeiro a 22 de fevereiro.

Quando questionada pela BIT sobre os possíveis impactos negativos que esta campanha poderia ter no seu negócio, a NOS, uma das principais rivais da MEO, mostrou-se indisponível para comentários, afirmando somente que não estaria a desenvolver nenhuma campanha do género.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor