Maxdata lança nova geração de software e aposta na internacionalização

NegóciosSoftware

A empresa portuguesa anuncia o lançamento do CLINIdATA, uma nova geração do software usado em laboratórios e em mais de 80% dos hospitais públicos do país.  Com a nova solução, a Maxdata pretende apostar na expansão internacional e passar a ser uma referência fora de Portugal.

De acordo com a Maxdata, o seu software de saúde é usado diariamente por 45 mil profissionais, com incidência em 7 milhões de pacientes e em mais de 60 milhões de exames anuais.

“O CLINIdATA começou a ser desenvolvido em 2010 e reúne um conjunto de características únicas a nível mundial, resultantes de mais de 70 000 horas de Investigação & Desenvolvimento. Funciona sobre os principais sistemas operativos e bases de dados, incluindo sistemas gratuitos como o Linux e o PostgreSQL. É 100% web, permite utilização a partir da cloud e pode ser utilizado em qualquer dispositivo que permita a execução de um browser, incluindo smartphones, tablets, computadores portáteis e PCs”, afirma Paulo Sousa, diretor-geral da empresa.

O sofwtare “permite a gestão integrada de várias especialidades clínicas e não clínicas: anatomia patológica, patologia clínica, microbiologia, genética, vigilância epidemiológica, agro-alimentar, ambiental e veterinária. Inclui uma plataforma poderosa de Business Intelligence que permite explorar informação estatística e preditiva de forma fácil e muito visual. Para além de tudo isto, o software é seguro by design, estando preparado de raiz para cumprir as exigências do novo Regulamento Geral (Europeu) de Proteção de Dados”, acrescenta o executivo.

O CLINIdATA inclui mecanismos automáticos para facilitar a sua parametrização inicial e o processo de importação de dados de aplicações antigas, tendo o processo de migração de dados sido validado, com sucesso, nas duas implementações piloto do software realizadas no Laboratório Vema e no IPO de Lisboa. No conjunto das duas organizações, foram migrados automaticamente mais de 40 anos de histórico e cerca de 6.5 milhões de resultados de exames.

As implementações piloto do CLINIdATA enquadram-se no projeto VALIdATA, que tem como objetivo validar a solução de software em situações reais, que é cofinanciado pelo Centro 2020 – Programa Operacional Regional do Centro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor