A Máscara é o maior caso de espionagem digital de sempre

SegurançaSoftware

Pelo menos 109 aparelhos britânicos foram alvo do que os analistas dizem ser um dos casos mais furtivos de espionagem digital de sempre. A campanha, apelidada de “A Máscara” já decorre há sete anos e, segundo consta, é originária de uma fonte, possivelmente governamental, de língua espanhola. Os ataques têm ocorrido, pelo menos, desde 2007,

Pelo menos 109 aparelhos britânicos foram alvo do que os analistas dizem ser um dos casos mais furtivos de espionagem digital de sempre. A campanha, apelidada de “A Máscara” já decorre há sete anos e, segundo consta, é originária de uma fonte, possivelmente governamental, de língua espanhola.

digital espionagem

Os ataques têm ocorrido, pelo menos, desde 2007, de acordo com um relatório da Kaspersky Lab, que registou 380 vítimas únicas em 31 países.

Os criminosos usaram e-mails de spear phishing para levar os seus alvos a clicarem em hiperligações que remetiam para domínios maliciosos, muitos dos quais pareciam ser subsecções de famosos jornais espanhóis, bem como publicações internacionais como o The Guardian ou o The Independent.

Contudo, Marrocos foi, irrefutavelmente, o maior alvo, contanto 391 endereços IP atacados. O Brasil registou 173 vítimas, seguido pelo Reino Unido com 109. Espanha e França foram também alvos de inúmeras investidas.

No relatório da Kaspersky registavam-se mais de mil IPs vítimas de ataques cibernéticos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor