Lucros do Facebook disparam 195% no primeiro trimestre

e-MarketingRedes Sociais
0 0 Sem Comentários

O Facebook animou os mercados com resultados estelares no primeiro trimestre do ano: os lucros dispararam 195% para 1,3 mil milhões de euros e o volume de negócios totais deu um salto de 52%, para 4,8 mil milhões de euros.

As receitas de publicidade foram as principais responsáveis por esta boa performance do Facebook nos primeiros três meses do ano. Representaram a quase totalidade das vendas, 4,6 mil milhões de euros, e subiram 57% face ao mesmo período do ano passado. Uma nota muito interessante: 82% destas receitas vieram de publicidade móvel, algo que compara com o peso de 73% que tinham no ano passado.

Por outro lado, todos os indicadores de utilização da rede social melhoraram. O Facebook é agora usado diariamente por 1,09 mil milhões de pessoas, uma subida de 16% em relação ao homólogo; destes, 989 milhões entraram na plataforma através de dispositivos móveis, um salto de 24%. No total, o Facebook tem já 1,51 mil milhões de utilizadores no móvel (mais 21% que o trimestre homólogo), e o número de utilizadores mensais foi de 1,65 mil milhões no final de março, mais 15%.

“Tivemos um excelente início de ano”, afirmou o fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, no anúncio dos resultados. “Estamos focados no roadmap a dez anos para dar a toda a gente o poder de partilhar o que quiserem com qualquer pessoa”, acrescentou o executivo, reiterando algo que disse há duas semanas na sua intervenção durante a conferência anual F8.

Os resultados foram muito bem recebidos por Wall Street, o que levou as ações a dispararem 9% nas trocas fora de horas.

O Facebook anunciou também a criação de uma nova classe de ações, destinada a garantir que Mark Zuckerberg ficará no controlo da empresa no longo prazo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor