Lucros da LG caem mais de metade

EmpresasGestãoNegóciosResultados

A diminuição das vendas de televisões e smartphones e a forte concorrência afundaram os lucros da LG em 60 por cento no segundo trimestre.

A fabricante sul-coreana revelou que de abril a junho os lucros operacionais ficaram abaixo das estimativas dos analistas, totalizando apenas 211 milhões de dólares, face a previsões de 338,7 milhões. No mesmo período de 2014, a empresa arrecadou lucros de 523 milhões de dólares.

Esta foi a maior queda da LG desde o quarto trimestre de 2013, altura em que registou lucros operacionais de 204 milhões de dólares.

Mas os resultados parecem não desalentar a tecnológica. Segundo a Reuters, a LG está confiante de que conseguirá recuperar, pelo menos, algum do terreno perdido já no terceiro trimestre, apoiando-se em produtos novos e mais competitivos e numa estratégia de marketing mais robusta e eficiente.

Para além de procurar conquistar um lugar de destaque para os seus smartphones, um mercado cada vez mais saturado e com muito pouco espaço de manobra para recém-chegados ou marcas não tão expressivas, a LG tem também visto as suas vendas de televisões caírem, ficando na sombra de gigantes como a conterrânea e rival Samsung, a nível global. A perda do negócio de TV aproximou-se dos 71 milhões de dólares, comparando com a perda de 5,3 milhões registada no primeiro trimestre do ano.

Diz a agência noticiosa que os analistas não acreditam que o smartphone G4 da LG consiga competir com os concorrentes iPhone 6 e Galaxy S6, da Apple e Samsung, respetivamente.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor