LTE Advanced é testado na Europa

EmpresasMobilidadeNegóciosOperadoresRedes

O LTE Advanced está a ser testado na Alemanha e em Inglaterra pela Vodafone, Telefónica e EE. As operadoras querem oferecer conetividade wireless com velocidades acima dos 200 Mbps. O LTE está agora a dar os seus primeiros passos no mundo, mas as operadoras europeias já começaram a usar o LTE Advanced, que utiliza diversas

O LTE Advanced está a ser testado na Alemanha e em Inglaterra pela Vodafone, Telefónica e EE. As operadoras querem oferecer conetividade wireless com velocidades acima dos 200 Mbps.

Radio stationO LTE está agora a dar os seus primeiros passos no mundo, mas as operadoras europeias já começaram a usar o LTE Advanced, que utiliza diversas tecnologias de modo a aumentar as velocidades.

A Vodafone e a Telefónica já anunciaram na passada semana na Alemanha testes em pequena escala da tecnologia em Dresden e Munique. As duas operadoras juntam-se agora à britânica EE, que anunciou no início deste mês um teste na startup Tech City, na capital inglesa.

Estas três operadoras estão a aproveitar o recurso “carrier aggregation”, permitindo que as operadoras destinem mais recursos para alguns utilizadores ao tratar dois canais como se fossem apenas um.

A largura de banda máxima é decidida consoante a quantidade de frequências utilizadas. A EE está a usar duas vezes 20 MHz para alcançar 300 Mbps e a Vodafone e a Telefónica estão a usar um canal de 10 MHz e outro de 20 MHz para conseguir até 225Mbps.

Per Narvinger, Diretor de produtos LTE da Ericsson, afirma que implementar a tecnologia significa também melhores velocidades mesmo para utilizadores que não tenham a cobertura perfeita para as velocidades mais altas.

O teste da EE será iniciado com um roteador da Huawei. Este aparelho pode fornecer uma conexão wireless de alta velocidade para até 20 aparelhos 802.11ac.

A operadora EE espera que os primeiros roteadores do tipo comecem a ser comercializados a meio de 2014, enquanto que os smartphones devem aparecer só no final do próximo ano.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor