Loyty apoia internacionalização de insígnias de retalho

NegóciosStartup

A startup portuguesa Loyty apoiou o processo de internacionalização em 50 lojas, para Angola, Moçambique e Espanha, através das insígnias de retalho Seaside, Espaço Casa, Modalfa e Zippy, que implementaram a solução de fidelização Loyty nas suas lojas.

“O lançamento do cartão cliente com a Loyty contribuiu para construir uma posição competitiva das insígnias neste mercado”, refere, em comunicado, Tiago Borges, administrador da MO e Zippy em Moçambique. “O cartão permite-nos não só estabelecer um compromisso com o cliente, como também construir o perfil de compra global dos nossos seus clientes internacionais.”

A estratégia da empresa para o ano corrente passa pela expansão para mercados internacionais através de clientes existentes, sendo o seu objetivo principal aumentar o número de clientes no mercado nacional de retalho e de luxo. Nesse sentido, a empresa procura ser reconhecida como o parceiro estratégico que apoia os seus clientes na rentabilização dos seus projetos de fidelização e abertura de novas lojas físicas, seja em Portugal ou lá fora. Adicionalmente, procura criar parcerias estratégicas de negócio com várias empresas de consultoria, software e de comunicação nacionais.

Alfredo da Costa Neto, fundador e CEO da Loyty, diz, no mesmo documento que “a mais-valia de um software de fidelização como o Loyty está na forma eficiente de comunicar e conhecer cada cliente – que consequentemente se traduz em vendas. O facto de termos merecido a confiança dos nossos clientes para implementar a nossa solução ao nível internacional é o resultado do bom trabalho que estamos a fazer em Portugal”.

O Loyty é uma solução de software que permite interagir e monitorizar as interações dos clientes em lojas físicas, websites de e-commerce e aplicações móveis, identificando hábitos de consumo e construindo perfis de compra. Esta plataforma pretende incentivar a fidelização de clientes e, segundo a startup, tem possibilitado o aumento das vendas, em média, entre 5 a 35 por cento, dependendo do mercado de atuação e potencialidade de investimentos dos seus clientes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor