Lisboa, Porto e Braga lideram na categoria “negócios”

Negócios

Lisboa, Porto e Braga são as grandes líderes da segunda edição do Bloom Consulting Portugal City Brand Ranking, documento que avalia a performance e a atratividade dos 308 municípios portugueses nas categorias Turismo (Visitar), Negócios (Investir) e Talento (Viver). Lisboa e Norte são as regiões com melhor desempenho na categoria de Negócios devido, sobretudo, ao

Lisboa, Porto e Braga são as grandes líderes da segunda edição do Bloom Consulting Portugal City Brand Ranking, documento que avalia a performance e a atratividade dos 308 municípios portugueses nas categorias Turismo (Visitar), Negócios (Investir) e Talento (Viver).

http://www.dreamstime.com/royalty-free-stock-photo-businessman-touch-screen-phone-cloud-applicati-applications-icons-blue-background-image36041585

Lisboa e Norte são as regiões com melhor desempenho na categoria de Negócios devido, sobretudo, ao seu crescimento empresarial, diz o documento enviado à imprensa que apresenta o estudo. Foi lá que se registou o maior volume de negócios e, naturalmente, uma maior preferência para residir, uma vez que têm as condições ideais para a criação de postos de trabalho.

O Top 3 de marcas municipais de negócios coincide com o Ranking nacional: quer no apelo online, quer no aglomerado de estatísticas desta categoria, Lisboa, Porto e Braga foram claros vencedores. As primeiras 4 posições do Ranking nacional – Lisboa, Porto, Braga e Oeiras – não são, aliás, novidade relativamente ao ano anterior. Representam 22,5% do crescimento empresarial do país.

Oeiras, que este ano desceu duas posições no Ranking geral, consegue manter-se no quarto lugar na categoria de negócios, seguida de perto pelo município de Coimbra, que entra pela primeira vez no top 5 desta categoria, tendo subido duas posições desde a última edição.

Aproveitando a descida de duas posições dos municípios da Maia e Aveiro, Leiria apresenta-se agora como a 6ª melhor marca municipal para a categoria de Negócios.

Sintra reforça a sua posição a meio da tabela, mas quem inaugura um lugar no top 25 é Mafra, Funchal, Matosinhos e Vila Nova de Gaia, devido ao enorme crescimento empresarial registado. A subida de Vila Nova de Gaia deve-se, também, ao apuramento da metodologia das procuras realizadas pelo Digital Demand – D2, onde o nome “Gaia” foi complementado ao tradicional “Vila Nova de Gaia”

Destaque ainda para duas subidas acentuadas nesta categoria: Cascais, que escalando 11 posições passou do 25º lugar em 2014 para o 14ª na nova edição do Ranking, e o município revelação deste Ranking, Vila Nova de Gaia, que subiu 15 posições, sendo agora a 24ª melhor marca municipal de Negócios.

“O Bloom Consulting Portugal City Brand Ranking 2015 mede a eficácia da estratégia de gestão da marca de cada município, separadamente. Baseia-se em fatos concretos, que incluem o desempenho e o crescimento económico das cidades, dormidas, procuras e desempenho nas redes sociais, entre outros. A análise dos dados objetivos é acompanhada pela avaliação de dados subjetivos que medem o impacto económico da estratégia de gestão de marca de cada município”, lê-se no documento enviado à imprensa.

 «A marca é o principal ativo de que cada município dispõe. Como tal, deve ser estudada para depois ser gerida e potenciada. Através destas três dimensões, conseguimos aferir, de forma tangível, esse potencial», explica Filipe Roquette, diretor-geral da Bloom Portugal. «Acreditamos que, com esta análise, temos a capacidade para ajudar os municípios, não só no que toca à definição de prioridades, mas também na perceção da imagem que estes têm no resto do País e internacionalmente», completa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor