Lisboa lança plataforma digital de negócios

Negócios

A vereadora da Economia e da Inovação da Câmara Municipal apresentou a Lisbon Business Connections, uma plataforma digital que pretende unir empresas e trabalhadores, atraindo possíveis investidores para a capital. Lisboa pode ser mais do que turismo e tem também a capacidade de ser um polo importante no mercado de negócios internacional. O Lisbon Business

A vereadora da Economia e da Inovação da Câmara Municipal apresentou a Lisbon Business Connections, uma plataforma digital que pretende unir empresas e trabalhadores, atraindo possíveis investidores para a capital. Lisboa pode ser mais do que turismo e tem também a capacidade de ser um polo importante no mercado de negócios internacional.

Lisboa
O Lisbon Business Conection é uma plataforma digital e uma rede que possibilita a partilha de informações, ideias e projetos entre aqueles que serão os Conectores e os Parceiros de Lisboa no mundo do trabalho. A Câmara Municipal de Lisboa apresentou o novo site que tem como missão atrair empresas estrangeiras para a capital.

Essa angariação será feita através de Conectores, um conjunto de gestores e investigadores que deverão apresentar Lisboa a potenciais investidores ou empresários. Esta rede global de Conectores é responsável pela promoção das qualidades de Lisboa e das vantagens de que as empresas internacionais poderão beneficiar com a sua expansão para a capital.

Graça Fonseca, vereadora da Economia e da Inovação, esteve na apresentação da plataforma e, em declarações à Lusa, explicou que querem “que cada um destes empresários se sinta como embaixador da cidade e que cada vez que percebam que há um evento global em disputa em várias cidades ou que haja um centro de serviços ou um novo centro de investigação de uma multinacional, que está à procura de um lugar na Europa para se fixar, digam que há aqui uma oportunidade”.

Nesta apresentação ficou claro que Lisboa “está na moda” e esse sucesso deve-se, em parte, ao investimento no empreendedorismo. Graça Fonseca mencionou a Startup Lisboa como um bom exemplo que já apoiou mais de 180 microempresas e 250 empreendedores e afirmou que “há quatro anos, a palavra ‘startup’ era desconhecida em Lisboa. Hoje em dia, Lisboa está no mapa [do empreendedorismo] e está a competir com cidades como Berlim e Londres”.

No site lisbonconnections.pt pode ler-se a mensagem de António Costa, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, que defende uma visão estratégica pautada pela ambição. Costa explica que o objetivo desta plataforma é “transformar Lisboa numa das cidades mais competitivas, inovadoras e criativas da Europa”.

Mas a Europa não é o único mercado em vista já que o presidente da Câmara da capital afirma que “Lisboa tem uma posição geoeconómica privilegiada, assumindo-se como porta de entrada para mais de 500 milhões de consumidores europeus e uma plataforma internacional para as economias emergentes do mundo lusófono, como o Brasil, Angola e Moçambique, os quais representam cerca de 250 milhões de consumidores”.

A plataforma, que consolida o trabalho de cerca de um ano, permite a inscrição de interessados no papel de Conectores, o acesso a eventos, como conferências ou workshops, e o registo para que investidores ou projetos sejam adicionados à iniciativa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor