LinkedIn falha expetativas de Wall Street

e-MarketingEmpresasNegócios

O LinkedIn entregou as previsões de receitas que estão um pouco abaixo das expetativas de Wall Street, tirando as esperanças de que a rede social profissional consiga suster a faixa de crescimento e manter as suas ações 8 por cento abaixo. Na quinta-feira, a rede social anunciou que com a perspetiva de conectar profissionais com

O LinkedIn entregou as previsões de receitas que estão um pouco abaixo das expetativas de Wall Street, tirando as esperanças de que a rede social profissional consiga suster a faixa de crescimento e manter as suas ações 8 por cento abaixo.

forecastsNa quinta-feira, a rede social anunciou que com a perspetiva de conectar profissionais com possíveis empregados iria pagar 120 milhões de dólares em dinheiro e ações para comprar o serviços de procura de trabalho online Bright, que o LinkedIn acredita ajudar a melhorar as ligações online enquanto aumenta a sua base de utilizadores.

O LinkedIn tem atingido os objetivos top-line todos os trimestres desde que a empresa entrou em bolsa, em 2011. A prioridade da empresa, agora, é encontrar maneiras de fazer dinheiro das aplicações mobile da empresa através de funcionalidades como os sponsored updates, enquanto, ao mesmo tempo, aumenta a sua base de utilizadores internacionais.

A adesão ao LinkedIn cresceu sete por cento para 277 milhões em todo o mundo dos 259 milhões no final do terceiro trimestre. No entanto, o ritmo pode abrandar ligeiramente dos nove por cento em cada um dos trimestres anteriores. Os utilizadores mobile são agora perto de 41 por cento dos seus membros, sendo que no terceiro trimestre eram 38 por cento e no início de 2011 apenas oito por cento.

O LinkedIn reportou um aumentou de 20 por cento em entrada de rede não-GAAP para 48,2 mil milhões de dólares no último trimestre de 2013, uma receita melhor que o esperado de 447,2 milhões de dólares.

Ainda assim, a receita para o primeiro trimestre e para o ano de 2014 falha as expetativas dos analistas. A previsão de receita para 2014 era entre 2,02 mil milhões de dólares e 2,05 mil milhões, abaixo da média esperada pelos analistas de 2,16 mil milhões de dólares. Para o primeiro trimestre, as vendas da empresa estará entre os 455 milhões e os 460 milhões de dólares, também abaixo dos 470 milhões de dólares esperados pelos analistas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor