LinkedIn beneficia das contratações e aumenta receita

e-MarketingRedes Sociais

O aumento do número de contratações através da rede social LinkedIn contribuiu para o crescimento da receita, no último trimestre, atingindo-se valores superiores aos inicialmente esperados. As ações da empresa beneficiaram de um aumento de oito por cento. As redes sociais parecem estar a atravessar um período ambíguo em que, a par das previsões de

O aumento do número de contratações através da rede social LinkedIn contribuiu para o crescimento da receita, no último trimestre, atingindo-se valores superiores aos inicialmente esperados. As ações da empresa beneficiaram de um aumento de oito por cento.

SocialMedia_Linkedin

As redes sociais parecem estar a atravessar um período ambíguo em que, a par das previsões de quebra, surgem receitas que superam as expectativas. Foi assim com o Twitter, no útimo trimeste, e a mesma situação pode ser aplicada ao LinkedIn, também no mesmo período.

A plataforma que permite a interação entre profissionais e possíveis empregadores alcançou um aumento de 44 por cento na receita, mais do que o esperado, e que representa 643 milhões de dólares. A previsão de Wall Street não passava do 617 milhões de dólares.

Quanto à totalidade da receita no ano de 2014, o crescimento é de 45 por cento em comparação com o ano anterior, atingindo os 2219 milhões de dólares. Estes valores apontam para um crescimento estável do LinkedIn que tem tirado partido do interesse na rede social e na vontade de proceder a contratações mais minuciosas.

A empresa obtém as suas receitas de três unidades distintas: uma dedicada à procura de profissionais, outra encarregue de soluções de marketing e ainda outra para utilizadores premium. A divisão que cuida das interações entre candidatos e empregadores é a que tem registado maior crescimento e contribui para 57 por cento da receita total.

Quanto às ações, já depois do fecho da bolsa, ontem, o valor era de 255,55 dólares, o que representa um aumento de oito por cento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor