LinkedIn adquire startup de soluções big data

Big DataData-StorageNegócios

A Careerify é a mais recente aquisição do LinkedIn, uma aposta da rede social para reforçar os seus serviços de recrutamento através de big data. O negócio deverá resultar na melhoria das soluções da Careerify mas, pelo menos para já, não serão aceites novos utilizadores. Dos três produtos desenvolvidos pela canadense Careerify, apenas um se

A Careerify é a mais recente aquisição do LinkedIn, uma aposta da rede social para reforçar os seus serviços de recrutamento através de big data. O negócio deverá resultar na melhoria das soluções da Careerify mas, pelo menos para já, não serão aceites novos utilizadores.

new-linkedin

Dos três produtos desenvolvidos pela canadense Careerify, apenas um se manterá ativo após a aquisição da startup pelo LinkedIn. Os serviços que atuavam em áreas como branding e melhoria de imagem das empresas ou no campo do software para contratações internas serão encerrados para que a atenção seja exclusivamente focada na solução que permite encontrar novos funcionários a partir de referências.

Os termos da aquisição não foram revelados mas a tecnologia da startup deverá ajudar o LinkedIn a reforçar as suas ferramentas e, consequentemente, a fornecer um serviço mais qualificado aos milhões de utilizadores desta rede social, sejam eles profissionais à procura de emprego ou empresas à procura de funcionários com os perfis que consideram adequados.

A solução em causa consiste num software baseado em big data que permite encontrar um profissional para preencher um cargo em determinada empresa a partir dos funcionários que já trabalham nessa empresa. O software analisa as conexões e as redes de contactos dos mesmos para encontrar perfis que concentrem em si todas as características pedidas.

Esta aquisição contribuirá, então, para a automação dos processos de referências para que estas não sejam difundidas apenas através do tradicional “boca-a-boca”, mas sim baseadas em dados concretos e com um grau superior de fiabilidade.

Harpaul Sambhi, fundador e CEO da Careerify explica, em anúncio oficial, que a “Careerify foi fundada com uma missão ousada: erradicar globalmente o desemprego enquanto tornamos os clientes mais lucrativos e estratégicos”. A missão talvez seja, de facto, ousada e até excessiva mas o sucesso da startup poderá ser medido pela aquisição realizada por uma das principais redes sociais a nível mundial.

Sambhi continua, explicando que a decisão de se juntarem ao LinkedIn baseia-se na maior falha da startup que consistia na falta de escalabilidade. No entanto, o crescimento da única solução que permanecerá ativa continua, por agora, estagnado, pelo menos no que diz respeito ao número de utilzadores que poderão aceder à mesma. Isto porque o software de referências estará continuará disponível apenas para quem já é cliente, não estando a aceitar novos utilizadores.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor