LG transfere fábricas para Vietname para reduzir custos

Negócios

Os televisores da LG que, até aqui, eram produzidos na Tailândia passarão a ser fabricados no Vietname numa mudança que pretende diminuir os custos da empresa. A alteração das fábricas deverá ocorrer a partir já do próximo mês e centenas de trabalhadores terão os seus postos de trabalho também transferidos. Tendo em vista questões logísticas

Os televisores da LG que, até aqui, eram produzidos na Tailândia passarão a ser fabricados no Vietname numa mudança que pretende diminuir os custos da empresa. A alteração das fábricas deverá ocorrer a partir já do próximo mês e centenas de trabalhadores terão os seus postos de trabalho também transferidos.

LG-Building-01

Tendo em vista questões logísticas e de eficiência, a LG irá transferir as suas fábricas de televisões para um novo país, abandonando a Tailândia onde os números de produção são inferiores aos das restantes localizações da empresa.

A mudança começa já no final do próximo mês, prolongando-se até maio e traz com ela o redirecionamento de postos de trabalho. Cerca de 200 trabalhadores perderão os seus empregos com o fecho desta fábrica mas serão integrados noutra fábrica da LG, também na Tailândia. A garantia de que os empregos serão mantidos faz com que a massa laboral da empresa, neste país, se mantenha nos dois milhares, dedicados à produção de outro tipo de equipamentos incluindo máquinas de lavar.

Para além da Tailândia, também poderão estar a ser ponderadas as mesmas transformações para a fábrica na Indonésia que resultaria na transferência da produção de televisões deste país para o Vietname, tornando este último num dos principais focos de produção da LG.

De acordo com Nipon Wongsaengarunsri, diretor de marketing da LG Tailândia, em declarações à Reuters, a decisão partiu da vontade de criar uma base regional para a produção de TVs e onde possam ser instaladas máquinas tecnologicamente mais avançadas.

Wongsaengarunsri garantiu ainda que o principal motivo não se prende com o facto de os salários poderem ser mais baixos no Vietname mas sim com a melhoria da eficiência das fábricas.

A questão da eficiência é visível no tempo necessário para receber os componentes que têm de ser importados da China. Enquanto na Tailândia, as encomendas demoram semanas para chegar, no Vietname, a LG explica que são precisos apenas alguns dias.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor