LG quer redefinir entretenimento doméstico

Escritório

Tendo em conta as principais tendências e atuais necessidades do consumidor, a LG antecipou o que considera o futuro do entretenimento doméstico. Durante 2013, a empresa apresentou alguns dos mais inovadores e estratégicos produtos ao mercado português, principalmente no segmento de TV, onde a LG destaque as tecnologias 4K e OLED, que, afirmam, “se tornam

Tendo em conta as principais tendências e atuais necessidades do consumidor, a LG antecipou o que considera o futuro do entretenimento doméstico.

ULTRA HD TV 84''Durante 2013, a empresa apresentou alguns dos mais inovadores e estratégicos produtos ao mercado português, principalmente no segmento de TV, onde a LG destaque as tecnologias 4K e OLED, que, afirmam, “se tornam hoje numa realidade bem próxima dos consumidores”.

Em 2013, a LG apresentou no seu portfólio o primeiro televisor Ultra HD de 84 polegadas do mundo, durante a edição do CES 2013. O equipamento incluiu a tecnologia de alta definição 4K, indo ao encontro das “necessidades dos mais exigentes consumidores”. A empresa lançou, ainda, dois televisores com a mesma tecnologia com 55 e 65 polegadas, tornando a tecnologia acessível a um maior número de consumidores.

Estas televisões vêm equipados com um painel IPS e sistema de retro iluminação Nano Full LED que garantem uma maior nitidez e definição de cor, um alargado ângulo de visualização de 178 graus e um contrate e brilho “singulares” em toda a extensão do ecrã. Os equipamentos desta gama incluem, ainda, o processador LG Tru-Ultra HD Engine que permite converter vídeos em qualquer formato para a resolução Ultra HD.

Durante 2013, a LG “foi mais longe” ao lançar o primeiro televisor de ecrã curvo, o Curved OLED. A TV tem 55 polegadas, sistema Four Color Pixel, através da tecnologia WRGD, que permite apresentar imagens reais e nítidas. O controlo Smart Touch é um dos fatores diferenciadores do Curved OLED, resultando numa aparência e experiência de controlo, segundo a marca, mais atrativas.

Em novembro de 2013, a LG correspondeu a 29 por cento de quota de mercado em valor, representando um crescimento de 16 por cento face à média de 2013 no mercado de televisão. Portugal foi o país europeu onde a penetração da empresa neste segmento verificou o maior crescimento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor