LG Chem vai fornecer baterias à Samsung após desastre do Note 7

MobilidadeSmartphones

A Samsung Electronics está em conversações com a LG Chem para que a gigante se torne fornecedora de baterias, uma novidade que chega após o desastre das baterias do Note 7.

As negociações foram noticiadas hoje pelo jornal Chosun Ilbo. O objetivo é diversificar os fornecedores de baterias para os smartphones da marca, que atualmente vêm da Samsung SDI (uma subsidiária dentro do grupo) e da chinesa Amperex Technology. A gigante sul-coreana continua a sofrer as repercussões das baterias explosivas do seu mais recente topo de gama, agora cancelado.

O jornal cita um executivo da indústria, não fontes oficiais da Samsung. Esse executivo diz que tem 90% de hipóteses desse acordo ser concretizado e que a LG Chem irá começar a fornecer baterias para smartphones da Samsung na segunda metade do próximo ano.

Nenhuma das duas empresas comentou a notícia. A LG Chem é a fornecedora de baterias para smartphones da LG Electronics e para a Apple.

Quando o escândalo dos Galaxy Note 7 a pegarem fogo surgiu, a Samsung anunciou um recall e a substituição das baterias com modelos produzidos pela Amperex Technologies. Mas também esses dispositivos tiveram problemas, e a marca acabou por ser forçada a cancelar a produção do telemóvel completamente. Pelo menos 2,5 milhões de Note 7 foram recolhidos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor