Já pode ver ‘fotos vivas’ no feed do Facebook

e-MarketingMobilidadeRedes SociaisSmartphonesSOTablets

O Facebook começa esta semana a dar suporte às “fotos vivas” (live photos) que a Apple introduziu nas últimas versões do iPhone, 6s e 6s Plus, lançados em setembro. No entanto, só os utilizadores com iPhone ou iPad e o sistema operativo iOS 9 instalado conseguirão ver as fotos a mexer na app do Facebook.

Apesar de ter sido uma das novas funcionalidades mais promovidas pela Apple aquando do lançamento, a sua limitação aos dois novos smartphones minimizou o impacto. Só os iPhones 6s e 6s Plus conseguem tirar estas fotos – que combinam a imagem com três segundos de gravação vídeo – e apenas agora começam a surgir sites e redes sociais com suporte ao formato.

A primeira foi o Tumblr, há duas semanas, e agora junta-se o Facebook. Em breve será a Getty Images. Quanto ao Instagram, que pertence ao Facebook, não foi dada qualquer indicação sobre a integração de Live Photos.

Com pouca diferenciação dos modelos do ano passado, os bem sucedidos iPhones 6 e 6s, as novas versões promoveram-se com as Live Photos e o toque 3D, que reconhece vários tipos de pressão. Mas não tem sido suficiente para animar o mercado: os analistas temem que o smartphone da Apple tenha chegado ao limite de crescimento e o ritmo de vendas comece a cair já no primeiro trimestre de 2016. Quanto à época natalícia, algumas casas de análise baixaram a previsão de vendas para o intervalo entre 75 e 77 milhões de unidades – o que ficará no mesmo patamar do ano passado.

A integração em redes sociais de uma funcionalidade com efeito curioso (basta pressionar a foto para que ela ganhe vida) é uma forma de refrescar a imagem dos novos iPhones para os consumidores que ainda não foram seduzidos por eles.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor