Já pensou carregar os seus dispositivos com fogo?

Escritório

A startup FlameStower lançou uma campanha de crowdfunding no Kickstarter para lançar um novo carregador alternativo que funciona através do fogo. A equipa por de trás do FlameStower aponta, principalmente, para as atividades outdoor, como campismo, mas sabe que este carregador pode ser necessário para situações de catástrofe ou com falhas de energia. Ao contrário

A startup FlameStower lançou uma campanha de crowdfunding no Kickstarter para lançar um novo carregador alternativo que funciona através do fogo.

flamestower-xlA equipa por de trás do FlameStower aponta, principalmente, para as atividades outdoor, como campismo, mas sabe que este carregador pode ser necessário para situações de catástrofe ou com falhas de energia.

Ao contrário dos carregadores que funcionam através de energia solar, este pode ser usado em qualquer altura, desde que para isso o seu utilizador tenha fogo.

O FlameStower funciona criando e tirando partido da diferença de temperatura, gerando eletricidade usando um gerador termoelétrico. O utilizador expõe a parte de metal a uma chama para aquecer enquanto o outro lado é arrefecido por um pequeno reservatório de água enchido por quem utiliza.

Quanto mais forte for o fogo, mais carga será dada. O dispositivo tem uma porta USB para carregar. A força de carregamento será sempre inferior ao que se consegue numa tomada de parede, até para que o utilizador possa apreciar o cenário onde está inserido.

A equipa quer reunir 15 mil dólares nos próximos 28 dias, já estando a meio da expectativa. O FlameStower, na campanha, está a 70 dólares (menos 10 do que aquilo que é esperado ser o preço de loja) e espera-se que os produtos sejam distribuídos em dezembro.

No entanto, não se sabe quanto tempo será necessário para carregar, por exemplo, um telemóvel.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor