iPhone 5S e iPhone 5C são uma realidade

Mobilidade

Os novos iPhones são uma realidade, ao fim de semanas de especulação Phil Schiller apresentou ao mundo os esperados iPhone 5S e 5C. Phil Schiller subiu ao palco para mostrar os primeiros detalhes do iPhone 5C e 5S. Nada de novo e à semelhança da estratégia que Jobs usou noutros produtos da marca como os

Os novos iPhones são uma realidade, ao fim de semanas de especulação Phil Schiller apresentou ao mundo os esperados iPhone 5S e 5C.

Apple-event-1-69

Phil Schiller subiu ao palco para mostrar os primeiros detalhes do iPhone 5C e 5S. Nada de novo e à semelhança da estratégia que Jobs usou noutros produtos da marca como os iMacs ie os  iPods, o preto e o branco dos iPhones passam a ser coloridos. A aposta da Apple é bastante diversificada: verde, branco, azul, vermelho e amarelo foram algumas das cores exibidas.

O iPhone 5C será feito de plástico, ou para ser mais correto, policarbonato. O 5C vem com um novo processador da Apple, o A6, ecrã de 4 polegadas em retina e bateria de “longa duração”. Segundo Phil Schiller. A câmera terá 8 megapixels, com lente de cinco camadas e sensor retroiluminado. Craig Federighi da Apple, disse que o Smartphone terá uma gama enorme de bandas de LTE.

Schiller  apresentou ainda as novas capas  iPhone 5C, que custarão 29 dólares: são coloridas como os telemóveis, mas na parte de trás têm buracos para que a cor da capa se junte à cor do iPhone. Uma festa estranha tipo anos 70, mas gostos são gostos.

O 5C assume-se como o smartphone low cost da Apple que, a partir de agora, passa a estar as bolsas mais pequenas. Com preços de  99 dólares para  modelo de 16GB e de 199 dólares pelo modelo de 32GB, com fidelização de dois anos.

apple-event-1-84

A pré-venda do 5C começa dia 13 de setembro, nos EUA.

 O iPhone 5S  – o topo de gama

O 5S é o novo smartphone topo de gama da Apple e estará disponível nas cores preta e cinza.

O design do 5S  é  o mesmo da geração do iPhone 5, feito em alumínio, com ecrã de 4 polegadas.

De destacar que o botão “Home” tem um leitor de impressões digitais.

A  função Touch ID permite que desbloqueie o seu iPhone usando apenas o polegar. Que pode ainda ser usado  para autorizar a compra de apps.

O sensor usa toque capacitivo para ler sua impressão digital. O botão Home é ainda feito de safira para não arranhar. E a impressão digital não é enviada para servidores da Apple nem para o iCloud:  fica guardada localmente no iPhone, de forma criptografada.

O 5S tem um  processador A7 de 64 bits. Segundo  Schiller, o este iPhone terá o dobro do desempenho do  iPhone 5. Todas as apps nativas foram refeitas para aproveitar o novo chip.

O chip gráfico também ficou até cinco vezes mais rápido e agora tem suporte a OpenGL ES 3.0.

Traz ainda um coprocessador de movimento, o M7, que engloba o acelerômetro, giroscópio e bússola. Desta forma, o 5S consegue identificar se você está parado ou em movimento.

A câmera do 5S tem cinco elementos e abertura F2.2. Mas continua sem ir além dos 8 megapixels, no entanto, o sensor é 15 por cento maior e possui pixeis maiores, de 1.5 mícrons. Com recursos inteligentes na app: por exemplo, sempre que tirar várias fotografias a app escolhe a melhor, de acordo com equilíbrio do branco, exposição e autofoco de 15 zonas. Tem também estabilização automática de imagem, e contínuo que tira 10 fotos por segundo.

O flash tem agora dois LEDs, um branco e outro na cor âmbar, permitindo assim criar mais de 1.000 combinações de luz e com uma uma capacidade de reação ao flash melhorada.

Segundo a Apple, a duração de bateria é maior que a do iPhone 5: 10 horas de navegação via WiFi ou 4G, e 250 horas em standby, a ver vamos.

O iPhone 5S vai custar 199 dólares ,299 dólares, e  399 dólares  nas versões respetivas de 16/32/64 GB, com contrato de dois anos de fidelização. A pré-venda começa no dia 13 de setembro nos EUA.

 

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor