Intel compra Basis para potenciar setor de smartwatches

EscritórioInovaçãoNegóciosWearable

A Intel finalizou a aquisição da fabricante de smartwatches Basis por uma quantia na ordem dos cem milhões dólares. A empresa era parcialmente financiada pelo segmento de capital de risco da tecnológica Intel, e teve a Google e a Apple como potenciais compradores. Este acordo comercial revela que a Intel está a querer marcar presença

A Intel finalizou a aquisição da fabricante de smartwatches Basis por uma quantia na ordem dos cem milhões dólares. A empresa era parcialmente financiada pelo segmento de capital de risco da tecnológica Intel, e teve a Google e a Apple como potenciais compradores.

basis smartwatch

Este acordo comercial revela que a Intel está a querer marcar presença no mercado da tecnologia wearable e quer recanalizar os seus esforços de forma a distanciar-se da esfera do PCs e servidores, sucedendo assim, eventualmente, na área mobile.

A Basis atualmente controla cerca de sete por cento do mercado de smarwatches, contudo, ficando mantendo-se na sombra de rivais de peso como ao Fitbit, a Adidas e a Jawbone. O seu health band, com o mesmo nome, de 199 dólares, que integra um medidor de pressão arterial, um sensor que controla a taxa de transpiração e um leitor de temperatura superficial, é, no site da empresa, descrito como “o mais avançado health tracker” do mercado.

A Basis fora uma empresa financiada pela DCM, pela Mayfield Fund e pela Northwest Venture Partners. Em outubro do ano passado, a empresa completou a sua unidade de financiamento de Series B de 23 milhões de dólares, em parte graças a um investimento da divisão de Capital da Intel. Rumores haviam indiciado que a Basis seria comprada pela Google ou pela Apple, o que viria a verificar-se irreal.

Até ao momento, nem a Intel nem a Basis emitiram qualquer comentário relativamente à mais recente aquisição.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor