Intel aposta fortemente no setor dos wearables

InovaçãoMobilidadeWearable

A Intel apresentou uma série de novos produtos na feira internacional de eletrónica de consumo CES 2015. Para além de novos dispositivos, a empresa deu a conhecer a sua aposta no crescimento da indústria tecnológica mundial com a nova iniciativa Diversity in Technology. O diretor executivo da Intel, Brian Krzanich, revelou a parceria celebrada entre

A Intel apresentou uma série de novos produtos na feira internacional de eletrónica de consumo CES 2015. Para além de novos dispositivos, a empresa deu a conhecer a sua aposta no crescimento da indústria tecnológica mundial com a nova iniciativa Diversity in Technology.

Brian Krzanich intel curie

O diretor executivo da Intel, Brian Krzanich, revelou a parceria celebrada entre a Intel e a fabricante de produtos óticos Oakley, do grupo Luxottica. Esta aliança, de acordo com o CEO da Oakley, Colin Baden, visa a conceção de um produto que em si encerre as potencialidades da tecnologia inteligente da Intel e o design da fabricante de óculos. Este produto, que objetiva a melhoria do desempenho de atletas, deverá ser lançado no mercado ainda este ano.

A Intel deu a conhecer também a solução True Key, “uma nova plataforma de aplicações pela Intel Security para endereçar o problema das passwords”, disse a empresa. Através desta ferramenta, as palavras-passe e os códigos de acesso tornam-se obsoletos, visto que a True Key recorre à identificação biométrica do utilizador, através do rosto ou impressão digital.

Esta aplicação estará pré-instalada em aparelhos da HP e da Lenovo, e nos próximos tempos passará a integrar a McAfee LiveSafe.

Reconhecendo o potencial de crescimento do mercado dos wearables, a Intel apresentou o Intel Curie, um processador não maior do que um botão-de-punho especialmente desenhado para alimentar dispositivos wearable. O Curie deverá ser lançado no segundo semestre de 2015, e “inclui o Intel Quark SE SoC, radio Bluetooth de baixo consumo energético, sensores e carregamento de bateria”, de acordo com a empresa.

Alinhando-se, ainda, com a afincada aposta da Intel no mercado emergente da tecnologia wearable, a Intel, na voz de Brian Krzanich, evidenciou o seu compromisso para com o desenvolvimento da indústria tecnológica mundial com a apresentação da sua nova iniciativa Diversity in Technology. Assim, a empresa norte-americana intenta fomentar a contratação e retenção de talentos femininos e de grupos minoritários na área da tecnologia.

No valor de 300 milhões de dólares, o projeto deverá estender-se até 2020. “Sem uma força de trabalho que espelha verdadeiramente a população, estamos a perder oportunidades, no que toca à compreensão e desenvolvimento adequado para os nossos consumidores”, asseverou o diretor executivo.

Torna-se evidente, mediante os investimentos aplicados, que a Intel vê no jovem mercado dos dispositivos wearable uma potencial e forte fonte de receitas. A Intel, sendo fabricante de processadores para dispositivos eletrónicos, esgrimirá com a Qualcomm pela conquista de um lugar no pódio do setor da tecnologia “vestível”, visto que a rival expressou já o seu interesse no segmento, reconhecendo o grande potencial inerente.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor